quarta-feira, 2 de abril de 2008

Aula 2 Cabala da Alegria


....segunda aula e nada de prozak....muitas guloseimas, aperetivos tipicos judaicos...maravilha, a comida reforça a minha identidade judaica, mas quando ela esta em meu estômago reforça tambem a minha alegria.
A cada encontro damos voltas e voltas em torno do centro do Templo. Casamos com diferentes niveis de reações a musica, as palavras do rabino, casamos com diferentes niveis de nossa anciedade...QUEREMOS A ALEGRIA.......mas sem sentir cada um recebe mais luz a cada volta, sem perceber estamos sendo contagiados de alegria e quem sabe chegaremos no êxtase.
Cantamos para ascender,
Cantamos para conectar com a alegria, mas o mal instinto (yetzer hara) está ali....desvia deste caminho, conversa, faz barulho, não fica atento ao momento mais ludico da aula.

Poucos sedão conta que a alegria nos faz ver tudo de uma outra forma.

Na alegria cada um de nós se desfaz das roupagens e torna-sea quilo que é...pouca gente esta tão pronta para esta alegria, poucos querem o trabalho espiritual(Avoda) para chegar no casamento. No meio do caminho queremos chegar logo ao gozo, sem aproveitar cada passo deste amor.

No trabalho espiritual ficamos um pouco cego, um pouco surdos e mudos.

Já não falamos, não ouvimos e vemos as coisas deste mundo.

Aquele 1% que tanto falamos na cabala.

Deixar os 5 sentidos de lado, transforma-los até se tornarem deformados.


O curso é um encontro de pessoas de diferentes niveis de entendimento da sabedoria, e esta mistura tem a sua beleza, a sua plasticidade.

Quando ocorre o coffe break a sensação que se tem é de alivio, parece que saimos da pressão do crescer, do pensar, para nos encontrar de volta ao instinto.

No blog alimentosparalma ei falo do Laiker - um bolo divino!!!!

vai lá....


Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...