segunda-feira, 14 de abril de 2008


"O olhar nos revela, nos apaixona e nos liga.

O olhar nos traz a lembrança de outras vidas,

na qual nunca mais viveremos na existência desta dimensão,

pois nela só cabe uma. A que escolhemos agora.

No teu olhar me apaixono pela vida.

Encontro forças e energia para estar acordada todos os dias.

No teu olhar procuro um outro olhar,

aquele que realmente poderei abraçar, alcançar.

No teu olhar me desmancho e nada sobra de mim."


Poucos sabem que os olhos guardam grandes segredos do desmanche do ego - bitul haiesh - e que quando vivido nos tornamos alma.

É uma experiencia impressinante, olho no olho que permite a entrega, que permite momentos de extase nunca antes vividos.

É impossivel ser a mesma pessoa depois disto. Mas aquele que olha e o que se deixa olhar ( que são os dois) precisam desejar-se, um desejar-se sem se quer tocar-se, mas um desejar de amar e admirar.

Os olhos pedem compartilhar, porque necessitam de sinceridade e pureza, só assim, adentramos no universo de Daath (conhecimento intimo).

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...