domingo, 8 de junho de 2008

Espaços em Branco


Caminhando pelos teus corredores
Encontro espaços em brando dentro e fora de mim,
Corredores curvos, descidas e subidas que me levam a um nada.
Grandioso espaço que sinto tanta necessidade de preencher.
Teu espaço torna cada peça de arte exposta tão pequena que chega a desvalorizar o objeto de desejo.
Não sei o que é mais importante, meus olhos se perdem em tua construção...e a arte, que é tão importante, já não se faz presente!

A alma se perde num corpo que necessita sempre de um olhar.
Como Cain e Abel, corpo e alma que não resistem a um casamento.
E Caim na sua fúria pelo olhar Divino mata Abel.

Repetimos, sem cuidado nenhum, a história. O corpo, a aparência, mata a alma, a essência!

Um comentário:

Vânia disse...

Minha amiga, só poderia vir de você essa leitura.Perfeito demais.
Compartilhar contigo esse momento foi ótimo.
Bjs

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...