segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Anos de Kabbalah, quase uma precursora da Kabbalah nos ultimos anos aqui em Porto Alegre. Não sei se a palavra certa é precursora...mas abri a porta de uma sala, um salão ...castelo, melhor, muito fechado.
Sobrevivi, sobrevivi a olhares, a energias, sobrevivi ao meu ego, sobrevivi as criticas e aos elogios. Uffa...
Hoje muita gente começa a se interessar, já não é algo que as agride, mas contrario, todo mundo sabe que tem que mudar, que tem que entender a vida. Bem e nem sempre as explicações da Kabbalah nos satisfazem.
A kabbalah não esta ali para satisfazer o que queremos escutar, o que queremos escutar nutre nosso ego e não nos causa nenhum movimento.
É preciso estar aberto para receber! e Kabbalah significa recebimento.
Aos poucos estamos mais abertos, aos poucos vamos mudar a nossa vida!
Sobrevivo a kabbalah de duas formas, a um processo constante de transformação e movimento que tenho que estar e a recepção das pessoas que busco facilitar o recebimento deste conhecimento.

Ouvi que deveria ler o livro " A Menina que roubava livros". A dias atras peguei o livro na mão, o titulo me remetia a algumas ideias da Kabbalah. Roubar livros é como roubar palavras, roubar letras. Roubar não é algo muito bom, mas prefiro pensar que esta menina salva livros, salva palavras e letras. A Kabbalah diz que somos como livros, feitos de letras, que são nossos codigos. A cada dia lemos uma pagina, vivemos a nossa historia. A vida vista sob um novo olhar faz com que possamos "roubar" livros para que possam fazer parte de nossa biblioteca, nossa historia, ao salvar cada letra agregamos mais e mais sentidos a nossas palavras. Ao ler o livro nos deparamos com realmente quem é o ladrão, quem rouba o que.....

Hoje retomei um caminho de palestras e trabalhos fora da Escola, sinto ter feito as pazes com minha mãe, já que comunidade e sociedade tem algo do utero e da energia dela. Cada vez me vejo mais calma, mais em paz com a reatividade dos outros, sinto que as palavras correm por minha garganta ou nem passam mais por ela. Simplesmente chegam de algum lugar e são ditas por alguem.
Fico tensa se vou chegar na hora, será que encontrarei o local? é como se derrepente pode chegar um véu e me cegar....Hoje procurava um edificio numero par no lado do numero impar.??????...esqueci como é a disposição da numeração nas ruas....
Minha casa tem "mil" relogios cada um com o seu tempo. Nunca sei a hora certa!!!...rsrsr Frequentemente tenho que ligar a TV, na TVCom para saber que horas são...de lambuja ganho a temperatura!
É interessante que quando ficamos nervosos, com medo....inseguros..o tempo parece não passar, dai tu relaxa e se solta... bem e o tempo passa super rapido, tu nem sente.....
Interessante.....
Quanto mais contraidos, ligados a coluna da esquerda, maior é o efeito do mundo fisico.


É tão bom quando nos deparamos com realidades enrriquecidas, pessoas, lugares, mentes, ideias, sorrisos, festas, alegrias, pessoas bem vestidas, boa comida e etc. Não consigo entender esta ligação da espiritualidae, que muitos fazem, com pobreza. Estamos aqui para cuidar da criação torna-la a cada dia melhor, valoriza-la, trazer o melhor.... Não há duvidas de que é importante separamos o joio do trigo, mas deixar de viver bem não é um caminho cabalistco.

Shalom!

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...