terça-feira, 12 de agosto de 2008

O outro de D´us

A relação de D'us com o homem é uma relação de sociedade, onde D'us necessita do homem para dar continuidade a sua criação e por que não para dar consciência a Ele mesmo.
Adquirir consciência é descobrir que a vida se faz não só por si, mas por toda uma humanidade.
“A existência só é real quando é consciente para alguém. É por isto que o Criador necessita do homem consciente, muito embora, por pura inconsciência, preferisse impedi-lo de tornar-se consciente”Jung Psicologia das religiões.
Na vivencia do Eu, já não são mais os opostos Homem e D'us que se conciliam, mas sim os opostos da própria imagem de D'us. Este é o sentido do culto divino, do culto que o homem pode prestar a D'us; que a luz possa emergir da escuridão, que D'us possa tornar-se consciente de Sua criação e o homem de si próprio (Jung).
D'us deseja sair de sua solidão e cria aquele que “poderá” revelá-lo, revelar a luz, a consciência.
D'us contraiu-se para permitir que surja o outro, com isto D'us é o DAR, a misericórdia (Luz) e cria a vasilha com o desejo de receber, a escuridão, para vir a conte-lo. D'us é Ele e o Outro.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...