quinta-feira, 11 de setembro de 2008

...dias de chuva....

Dia chuvoso, o humor nem sempre coopera. Hormônios funcionam conforme a incidência de luz. Em muitos dias nublados começamos a murchar, por isto é preciso estar acima dos hormônios, conectar-se com outra luz, estar direcionada.

Hoje acordei destruída! Rezei, busquei as conexões e pensamentos corretos. Percebi o quanto estava tomada por emoções que me fragilizavam. Resolvi ir atrás do que alimenta minha alma. Livros, bichos e super mercado...sim adoro super mercado...não necessariamente comprar, mas olhar as coisas, ver os produtos... enfim....sai para compartilhar e me ver livre do que não me pertencia, aquele péssimo humor, a sensação de total fragilidade.

Tamanha foi a escuridão, que acabou por revelar uma grande luz. Passei a tarde em estudos, o que me alimenta muito e mais ainda saber que outra pessoa também esta sendo alimentada. A noite, fui brindada com esta luz, mesmo ainda na dor, algo aparece, como um Tikun de um passado de relações mal fadadas entre mãe e filha. Alguns acontecimentos tão simples, mas que puxam uma rede tão grande.
A cada experiência e encontro, sinto colar pedaços de vasos quebrados, que a vida deixou cair no chão. É vivendo estas situações que percebo que aquela dor, aquele mau humos não valem nada, não são reais.

E não adianta me convencer do contrario... os melhores momentos são aqueles em que estamos trocando, estamos soltas (os), relaxadas, sem julgamento ...só no amor...na suavidade, sem expectativas.. e sabe por que sem expectativa?, porque quando a gente quer viver aquele momento ao Maximo, não pensa no antes ou no depois, apenas vive.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...