sábado, 15 de novembro de 2008

Espelhos


As vezes me pergunto como é o movimento do mundo, das pessoas...como estamos pouco centrados no nosso processo de transformação, e muito preocupados com a aparência, o quanto nossos medos nos tomam e destroem tudo. O quanto de nossa agressividade é projetada no outro, achando que o outro reage, achando coisas do outro que são suas.
O quanto o mundo se move de forma errada.
O quanto vivemos em nossas fantasias e não contruimos vasilhas para manifestar corretamente estes sonhos. O quanto estamos presos na imagem do outro e sabemos pouco do outro.

Que a Luz acompanhe a todos, que os façam crescer.
Que a criança que está lá, para retirar os véus e ajudar nos trabalhos espirituais possa encontrar o momento correto para reencarnar.

E que ninguém engesse ninguém.....

Nenhum comentário:

parte 1 Noé (Noah) nos conta de um mundo espiritual, sem caos, a construção desta possibilidade, ou o que chamamos de passagem do 6 para...