segunda-feira, 3 de novembro de 2008

É tarde da noite, depois da meia noite a luz divina é bem mais intensa.
Caminhamos para nos encontrar com a gente mesmo
Mergulhar no deserto, ao sul, sem olhar para trás, sem se dispersar.
Na busca do silencio encontro a essência das coisas
Experimento aquilo que é, simplesmente é.
Sinto as palavras das coisas.
Cada letra uma vibração, uma verdade.
Em cada palavra falada uma expressão, um entendimento, uma experiência simbólica.

Sem palavras para cada encontro
Para cada estudo
Uma celebração de diferentes gozos
Limitado para aquele momento

Estar atenta a cada momento como um ato diferente
Cada situação pertence a um mundo.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...