segunda-feira, 17 de novembro de 2008


Uma chuva de julgamento cai sobre nós,

logo,

está na hora de endireitar a casa.

Adoramos ficar se queixando, adoramos chorar e resmungar.

Bem...agora chega!

Domingo foi dia de sustos, mas foi dia de ajustes.

Nunca tinha imaginado ver o que vi,

passar pelo que passei

Plutão levou-me para a fossa, a cloaca da familia.

Quem é o pai que se esvai e morre!

Nas dores de um parto, não nasce nada.

Mas a criança se foi, vagava na escola,

invisivel, sem muito barulho, percebi seu movimento e sua presença.

Conteudos internos exposto a todos.

Nudez proibida pela Torá, que se revela com o fim da vida.

Agora me resta crescer, seguir em frente, voltar a ter atitude e

buscar o que sonho.

Soltar quem deseja liberdade, deixar morrer o que tem que morrer.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...