sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Ufa...


Um mundo estranho me visita, tumulo e gruta na qual teu nome aparece em um convite, um comunicado que não existes mais. A morte me liberta, tuas garras já não tomam minha vida, teus medos não me seqüestram pra ti.
Pego de volta o sol e lua, fora de mim morrem, volta para casa para curar minhas dissociações, volto para fazer a minha unidade.


Nesta transformações não seremos mais os mesmos, perdemos a suposta liberdade, que nada mais do que o medo de entrar em contato com aquilo que nos vemos incapazes de fazer.


O sol brilha, a luta para me desintoxicar daquilo que foi revelado ainda vai continuar durante alguns dias. Planetas`retrogrados, conjunções especiais mostram que o passado está aqui, sem se mostrar explicito vem para ser curado.


Na hora da chuva, a purificação vem pela bolsa de agua quente rasgada de forma inesplicada. Enxarca o abraço que me destes. Limpa os venenos pois acaba com a dor, relaxa e solta o olhar dos inimigos.


Lutemos sem cessar contra o mal que todo dia pode bater na nossa porta.


Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...