quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Caminhos e acontecimentos


É tarde da noite. Inicio da lua Cheia de Elul, muitas coisas andam acontecendo, muitas respostas, mudanças.
Todos dias o toque do shofar entra em minha casa, penetra meus ouvidos e meu coração, um toque longo, que é possível sentir no peito. Entra em minha casa sem pedir licença, me faz parar tudo, sempre no mesmo horário. Apenas recebo o som, que me abre para sair da realidade corrida, da realidade desta vida e me remete a tradição, a religiosidade, me pedindo para mudar, para e entrar para dentro.
Acontecimentos que se acumulam, que são vistos como a cena de um filme em minha mente, separados uns dos outros, que numa dimensão de Olam Briah podemos ver todos interligados, trazendo um movimento único – cresça, evolua, liberte-se de sua dor.
Queria enxergar algo, para mudar. E D´us com sua misericórdia, mostra-me que os caminhos estão sempre mais próximos e que são menos idólatras do que pensamos. Não precisamos acender vela para nos libertar. É preciso acender a vontade e a consciência!!
D´us me mostrou que vivemos uma história sabendo de seu futuro, sabendo de seus acontecimentos, e mesmo assim, parecendo que estamos de fora da história, somos protagonistas como qualquer um. Estamos ali, participando, fazendo parte de cada cena. Interpretando algo. Quanto mais acessamos a consciência que sabe a história, mais poderemos mudar. É preciso saber sair da cena e olha-la sob novos ângulos, e depois retornar a cena.
Mas nunca mais retornaremos iguais, mas agora mais responsáveis, mais diretos, com maior atitude.
É hora para parar e desejar mudar, não mais sermos vitimas, desejar com com choro, com não merecimento. Consciência e atitude.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...