quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

8° Vela de Chanuká



Hoje fechamos mais uma caminhada. Antes do acendimento das velas de Shabat, acendemos as velas de Chanuká. Chegando na oitava vela! Biná! a conexão com o mundo do sobre-natural.


1. Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mêlech Haolam, asher kideshánu bemitsvotav, vetsivánu lehadlic ner shel Chanucá.


Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D'us, Rei do Universo, que nos santificou com Seus mandamentos, e nos ordenou acender a vela de Chanucá.

2. Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mêlech Haolam, sheassá nissim laavotênu, bayamim hahêm, bizman hazê.


Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D'us, Rei do Universo, que fez milagres para nossos antepassados, naqueles dias, nesta época.

Depois de acender as velas de chanuká, voce acendará as velas de Shabat.

Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mêlech haolam, asher kideshánu bemitsvotav, vetsivánu lehadlic ner shel Shabat côdesh.

Bendito és Tu, ó Eterno, nosso D'us, Rei do Universo,que nos santificou com Seus mandamentos, e nos ordenou acender a vela do santo Shabat.



Biná - Acesso aos arquivos cósmicos do universo. Ampliação da consciência. Comunhão com o melhor de nós mesmos.O oitavo dia nos remete ao Mundo Vindouro, tempo em que a luz escondida será revelada, e daí todos os homens perceberão a Providência, que age em cada coisa e que não necessita das coisas chamadas naturais.

Chanuká é o momento em que chegamos a uma oitava superior, é como um “Portal” que se abre para nós. É um momento de experimentar o milagre, a ascensão, transmutação, aquele salto quântico.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...