terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Ai jornal na praia...


Praia lotada, graças a HaShem, sem vento, possível ler o jornal na beira da praia.
Sem aquelas folhas voando para todos os lados e a gente lutando contra cada pagina, começa a ler uma e acaba em outra. Um terror.
Até que bate aquele vento e as folhas vão uma a uma escapando de nossas mãos, e saem voando, e todos os seus valores ecológicos de não sujar a praia vão por maré a baixo.
Lá está seu jornal, espalhado na areia, e o que é pior...cada folha rola para um lado.
Daí tu pensa ecologicamente em sair correndo e juntar cada folha, quem sabe até rever teu jornal e terminar de ler aquela reportagem. Mas vem drama de deixar a sua cadeira ali vazia, suas coisas – carteira, celular e etc...
O que resta é apenas assistir ao vôo do jornal, quem sabe alguém vai pegar e ler algo, aproveitá-lo.
E lá se vai sua Zero Hora, Correio,.....E uma grande aprendizagem. Leia Livros na beira da praia. As folhas são presas e o livro é pesado, o vento não leva, e tu não passa vergonha!
Mesmo sem vento...leia um livro!

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...