segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

CHIMARRÃO NA PRAIA




Santa falta de vento.......dá até pra tomar chimarrão...sem ter de segurar a erva.
Só gaucho que gosta de chimarrão sabe o que é levar a bomba e a cuia pra beira da praia. Mas aqueles dias de vento são inesquecíveis.
Sabe aquela colocadinha de mão na cuia, e a mão fica toda verde!...dai é um passo para esfregar a mão na canga, na toalha, no biquíni!!! Bahh e daí deu né.... ficou manchada de erva.. verdinha, verdinha.

O vento bate a erva vem toda pra cima de ti, fica ali no teu peito grudada no bronzeador, acaba-se por parecer pizza de queijo cheia de orégano.

E o papel laminado na cuia??!!! Acaba com a tradição...vamos lá gente! Não dá.

suco de chimarrão

Mas o pior...quem faz chimarrão preza pelo seu “morrinho”, morrinho é o montinho que fica da erva na cuia, quem faz tem todo o cuidado, dá uma batidinha aqui ou ali... coloca a bomba....mas no vento.. que montinho coisa nenhuma.. são duas tomadas ao vento e deu pro montinho, aquilo vira uma depressão. E o chima vira um suco de erva!

Mas agora, mesmo com 40 graus, sem vento... tem mais é que tomar chimarrão.
Sai no jornal Hoje que os gaúchos trocaram o chimarrão pelo sorvete, que nada... tem hora pra tudo.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...