domingo, 25 de abril de 2010

Chuva, frio

Um dia de sobe e desce, viagens. Sem vontade de ir, mas algo me levando para ir. Talvez o desejo de comprar uma bota, algum sapato.
E por que não ir a um lugar onde se possa rezar.

Inseguranças e pensamentos que tomam minha mente, trazem incertezas...e elas crescem, quando alimentadas. Vão trazendo, assim, um desconforto.
Estar atentos aos pensamentos vão muito alem, de prestar atenção, mas saber estar em estado de cuidado o tempo todo.
A chuva sobreveio, aumentando minhas sensações de desconforto. Eu estava no lugar errado. Pensava que seria melhor ter ficado em casa, dormindo.

A chuva aumenta, chego ao meu destino, um pouco frio, serra.
O desconforto estava ali, até me silenciar e aceitar o estar ali. Da em diante minha escuta mudou. Prestar atenção aos que os outros nos falam, aos discursos, as falas. E tudo parece ser direcionado para mim. O ambiente se transforma.
As palavras, as orações e meditações. Respostas, trabalhos internos. Recebi uma oração para ler que era apropriada de como estava me sentindo.
Nada é por acaso!! Um universo invisível esta sempre trabalhando junto com a gente, trazendo elementos que nos ajudam a estar em eterna transformação. Oportunidades temos, somos trabalhados espiritualmente a cada momento, mas necessitamos estar abertos.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...