quinta-feira, 1 de abril de 2010

PIZZA PAN OU PIZZA FINN CRISPY


Saiba!!, nenhuma imagem corresponde a realidade, a vida é um espelho, mas jogamos na parede reflexiva as sombras, medos e desejos.
O Olho que é puxado para as formas que estão fora de mim, revela, me revela, pois me coloca face a face com o outro e comigo. Há algo em mim Pan – há algo em mim Finn, e assim vivo num conflito de que forma tenho.
“O olhar que me olha, afirma-me, o face a face é a impossibilidade de negar” Levinás.
Como vemos este o outro? Como vemos o mundo?
Como nos vemos?
Será que nos vemos?
Dançamos entre os opostos que nos cobram e nos paralisam.
Dançamos entre imagens e auto imagens.

Esta visão está relacionada com a auto percepção, como nos vemos? Onde nos colocamos? em que posição, qual é o espaço frente ao outro? Nem tudo que vemos e nos relacionamos é real, uma parte pode ser imaginária, a partir do Yesod, da minha fundação. Em cada um de nós se constrói um ser cheio de erros, ilusões e que acaba relacionando-se com o externo através de suas defesas (Lacan), com isto somos uma grande mistura, distante de si mesmos.
Não sou nem Pan e nem Finn, mas os extremos se apresentam, me sufocam. Enquanto um é criança, carente, outro busca resolver-se rapidamente. Um contrai, atrai, cria apegos, incha, outro metaboliza rapidamente, larga tudo, sem pegar nada.
Imagem fora de mim, seres invisíveis que se apresentam em pessoas.
Buscam sair de sua dor Pan ou Finn.

Harmonizar a si mesmo, estar em concordância com o que somos. Estar em paz, num estado maior e espiritual. Na nossa não aceitação nos afastamos do criador, pois somos obra divina. E D´us me fez...nos fez perfeitos.

Que estas almas possam libertar-se de sua dor, da dor do corpo, que nossa evolução os ajudem!

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...