sábado, 19 de junho de 2010




No mapa astrológico,a Lua Negra, ou Lilith, simboliza um lado secreto e obscuro de nossa personalidade. Identificar e trazer à luz esses aspectos é fundamental para cultivar o autoconhecimento e alcançar a paz de espírito. Para a Kabbalah ela foi a primeira mulher de Adam, condenada a viver nas profundezas do mar ( profundezas psíquicas), sua força era tão grande que se tornou um demônio, capaz de comparar-se a D´us. De forma nenhuma ela se submeteu a Adam, desobedecendo as ordens de D´us.

A personagem atravessou os milênios sob diferentes nomes, mas sempre tomando a forma de espíritos ou divindades destrutivas. Na Grécia Antiga foi associada a Hécate, deusa da Lua e, a partir daí, passou a simbolizar o lado escuro lunar, que, por sua vez, reflete a face oculta do ser humano. No mapa astral, o significado da Lua Negra muda de acordo com o signo que ela ocupava no dia do nascimento.
Ela tem dois lados – a destruição, o boicote e os talentos, a força. Tudo a ser descoberto.
Ela representa a individualidade através de princípios destorcidos, diferentes dos padrões de positivo e negativo – masculino e feminino.
Os conteúdos psíquicos simbolizados pela Lilith são muitas vezes interpretados como a raiz da libido. Outras vezes são percebidos como geradores de poderes paranormais, inclinação para a bruxaria, mediunidade, etc. Ela traz confusão mental e emocional. Ela representa o "inconsciente do inconsciente coletivo". Pode simbolizar também qualidades mediúnicas poderosas. Ela representa os conteúdos mais infantis, impulsivos e exagerados.
Com ela vivemos um momento de liberar energias vitais, esvaindo-se muitas vezes. Nos sentimos roubados por esta energia.
Algo de nossas profundezas pode estar sendo projetado e aquilo tirar a nossa energia.

Atualmente ela está entrando no signo de peixes e fazendo a conjunção com netuno. O que nos traz energias mais ocultas, espirituais, paranormais que estarão em nossa volta. O confusão, ilusão, manipulação, ambigüidade, dificuldade em lidar com a realidade, perdendo-se nela. O engano, por isto devemos ter bastante cuidados neste período. É um momento de intranqüilidades, mas para quem tiver concentração e não se perder nestas energias avassaladoras de nosso inconsciente, podemos revelar poderes astrais muito fortes. Estar incomodado nos leva a fazer algum tipo de movimento ou atitude que são importantes.
O que temos de positivo, existe uma força meditativa, de encontro com o silencio, com D´us e com o outro muito forte. Netuno pode diluir o poder da lilith e transcendê-la. Tirá-la das profundezas através de nosso acolhimento. Podemos entrar em uma viagem mística, que requer pés no chão!!!

O lado mais pesado é que esta conjunção pode trazer energias de desejo de poder não realizado, que vem do fundo dos oceanos, do cosmos tentando resgatar o que não conseguiu ou não tem. Lilith busca o olhar de D´us, mas pode ter a chance de curar as suas magoas e raivas de ter sido expulsa do paraíso!!
O que em nós foi expulso, colocado de lado?? Que potenciais que ficaram lá, calados e que agora merecem serem ouvidos – sentidos.

3 comentários:

Ricardo Gutierrez disse...

Olá Adriana,
Tomei conhecimento do site agora. E gostei muito. Não sei se você pode me ajudar. Procuro uma forma de estudar a Cabala. Moro em Florianópolis. Você teria uma dica para me dar. Adoro ler sobre a Cabala, o Zoar entre outros textos magníficos. E seu blog me traz bons conhecimentos. Obrigado,
Ricardo

Caminhos cabalisticos disse...

Oii Ricardo... tudo bom?
Em Floripa não tenho conhecimento de Escolas de Kabbalah, então o ideal é continuar lendo: blog, site... me escreve para o email, para que eu possa te cadastrar.
contato@escoladekabbalah.com

beijos

Ricardo Gutierrez disse...

Meu e-mail é:
rc.gutierrez@hotmail.com

Obrigado,
Ricardo

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...