quarta-feira, 22 de outubro de 2014




No capitulo da tora – Noah (Noé) encontramos um pacto diferente entre D´us e o Homem, o pacto do ARCO IRIS.

Nosso mundo, vive longe da luz da espiritualidade e conscienciancia, movido pelos seus egoísmos, acumula “pecados” (desvios), absorve a cada dia mais maldade e com isto sofrimento e caos.
O pecado é a nossa incapacidade de compartilhar, olhar para o próximo, para tudo que existe alem de si mesmos. O Pecado é tudo que nos faz “errar o alvo”, estar longe de si mesmos e da unidade que carregamos.
Na historia bíblica, quando a criação foi tomada pela negatividade, D´us golpeou o ser humano com as águas do dilúvio, que vieram para limpar as impurezas, através da presença de um homem justo (Noé), Ele, Bendito Seja, restabelece sua misericórdia através do laço e da promessa de não mais destruir a criação.
O primeiro arco-íris foi visto após a inundação. O arco-íris simboliza o pacto que D´us fez com Noé de nunca outra vez destruir o mundo com água.
O Arco aparece como sendo o poder da oração, um cabo de conexão entre mundos. No mês de Kislev, nono mês, marca a sua presença pelo Arco ou Arco-íris. Por detrás da presença do arco íris existe a revelação de luz, o cessar da escuridão. Ele revela as cores, as 7 cores - as dimensões espirituais perfeitas que nos tiram das energias do caos.
Todo pacto é firmado através de um sinal e de uma lei, cada patriarca tem o seu pacto, Abraão, a circuncisão, Moises, o shabat.
O arco é a arma de D´us que é deixada nos céus.
Quando o mundo é tomado pelas forças negativas e o caos sobrevém, D´us envio um novo dilúvio, mas a palavra de D´us e sua promessa estão presentes todos os dias.

Para aquele que vê o Arco íris deve ser proclamada a benção: “ Bendito Seja Ele, que recorda a aliança, pois este é o sinal da Santa aliança que o Eterno bendito Seja, pôs no mundo, para que as águas do dilúvio não voltem a cobrir o nosso mundo.”

Falamos pois, quando as massas de maldade tomam conta da terra, o Santo Bendito, seja lembrado de sua promessa.
O Arco íris aparece para proteger o mundo de toda a vez que ele é golpeado pelo Divino, por que a humanidade cometeu algo de mal. O Rei (D´us ) vê e se regozija, e sua ira diminui.
“ E Eu verei e recordarei o pacto perpétuo” (Gen 9:16). Em suas cores básicas, Branco, vermelho e verde, o arco íris nos remete as 3 sefirot principais (Chessed, Guevurah e Tifereth), mas em suas 7 cores no remete ao recebimento de toda a luz da Arvore da vida.

Ela é a representação de Malchuth, dos pés, do Reino que recebe de forma perfeita a luz e restabelece a ordem. A magia do arco Iris quando contemplamos está na idéia que ele carrega toda a mística da criação e reorganização das forças que comandam nossa vida!

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...