domingo, 5 de dezembro de 2010




Há horrores que nunca cessam,
Há terrores que nos assustam todos dias....
Um desgaste de energia, o envelhecimento da carne, a dor e o sofrimento que não calam.
Nosso mundo, é nosso.

Feito de coisas grandes, épicas e pequenas....
Onde moro?
Tão pequena no mundo, como um todo deixamos de cuidar de nossa casa....
Nossos interesses pessoais nos roubaram a alma.
E agora a casa perece.
Há um mundo muito maior, e tu caístes em teu buraco pequeno, teus interesses corpóreos, teu mundo é aparência, pequeno que te seqüestra e te sufoca.
Desculpa...mas sigo em frente, abro meus olhos, descontraio minha pele, quebro meu pescoço, retiro minhas raivas, retiro o que bloqueava minha criação, meu templo....meu templo sangra, contrai para libertar algo....
Liberta-te....abre tuas asas...há muito para fazer....combatemos o mal.....a sombra que invisivelmente cobre a terra. Cobre nossas cabeças.

Sai daí...sai das coisinhas pequenas...para ascender e receber luz e armas..vamos tirar o mal.

O mal que nos cobre!

“Shim Lev” Preste atenção....coloque no seu coração!

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...