segunda-feira, 9 de maio de 2011

Combatendo Amalec

Todos dias quando acordamos estamos aptos a receber uma luz, e esta luz é transformada, conforme nossas escolhas, em bons pensamentos ou não. Em ânimo ou desânimos, em leveza ou culpas e julgamentos.
A estas energias negativas que deixamos fazer parte de nossas vidas, chamamos de
Amalec.

Tamanha é a força do pensamento que podemos manifestá-las. Vem através de pessoas, situações e etc...é muito sutil. Mas elas abrem espaço para que energias julgadoras, negativas possam aparecer e dificultar nossa caminhada.
Nós mesmos, somos , sem perceber tomados pelo nosso egoísmo, e através da energia do desejo de querer para si, trazemos energias negativas.

Nosso postura, nosso jeito de ser, nosso desespero em nos livrar de alguma coisa, alguma situação, nossa raiva, medos ou culpas ...nos levam para este tipo de energia.
É muito sutil. Normalmente nem percebemos, mas os outros percebem.

Quando ficamos muito tempo com as mesmas questões, as mesmas duvidas, perguntas, as mesmas angustias é por que estamos sob esta energia. É preciso mudar! Mudar a pergunta, mudar a relação que estamos tendo com ela e com a "coisa " em si.

Vivemos num mundo onde nossa realidade é recheada de impurezas, energias negativas, somos veículos delas e não percebemos. É necessário um grande esforço para manter as vibrações elevadas.

Conexões e busca de instrumentos dados pela Cabala irão nos ajudar e afastar estas energias. A consciência é uma forma de digerirmos estas situações.

Quando algo de ruim nos acontece ou alguma duvida sobrevêm, ao termos consciência , estamos nos caminho da descoberta para realizarmos o Tikun (Harmonização). Nossa atenção deve estar focada no desejo de resolução, equilíbrio, de unir as partes e não separar.
Normalmente queremos nos livrar daquela situação negativa, mas a idéia é unir e não afastar! Pense nisso!

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...