quarta-feira, 2 de maio de 2012

O abandono da coroa




E foi embora de mim aquela luz espiritual, a sensação de preenchimento, o amor, a felicidade gratuita..e pouco pude entender disto, foi só tormentas posteriores, sem compreensão, a vida me exigiu tanto. Queria desistir, mas nem isto consegui.

Da luz, agora me tornei um ser estranho, difícil, escuro.

A dor que vem do fundo da alma de quem foi abandonada pelo olhar divino, pelas bênçãos recebidas constantemente.

Sem perceber vou me tornando reativa, vivo de forma quase sem pensar, liguei o automático e fui...fui fazer o que todo mundo faz, separei-me da minha alma, ficou um espaço vazio..preenchido de queixas e infelicidades.



A Cabala compreende que cada alma passa por desafios para que possa fortalecer e despertar!

Grande parte dos potenciais da alma estão dormentes. E a cada dor, acordamos e despertamos partes que nem tínhamos ideia.



As tormentas e tempestades na verdade são resultado da mexida em nossas cascas. A transformação não é fácil! A consciência sempre muito egoísta precisa aprender a dar. E esta é a nossa correção nesta vida!

Nada que tu não tens ou teve te abandona. A felicidade é um estado de compartilhar, irradiar...sair de dentro para fora...e sem a luz, contraimos, nos fechamos.

Por isto, a dor,  o abandono tem a sua função....transformação!



O segredo está em como fazer a transformação.

Nenhum comentário:

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...