Mês de Shvat - 11°


A cada mês, os ciclos da Luz desce de diferentes aspectos divinos, chamados Sefirot, fazendo com que  possamos completar um ciclo de tikun através dos 12 meses, despertando e elevando as centelhas de luz em cada mês.
De Chokmah descm os elementos  criativos, a inovação, mudança e revolução. Dele as energias divinas acordam a constelação de Aquário e o planeta Urano-saturno, que derramam em nós uma chuva elétrica de letras, chaves para que possamos abrir as portas da libertação.
Aquário nos convida para o viver esta libertação através da luz, que evoca o auto conhecimento e a individuação. Este mês é conhecido por Shvat (shin, bet, teth = 300,2,9), ligado ao signo de Aquário (D'li), que corresponde a vasilha que irá conter a individualidade, as necessidades etéreas da alma.
Com as mesmas letras que escrevemos aquário, em hebraico (Dli –Dalet, lamed, Yud) também escrevemos as palavras (ialad) produzir, (ield) parir, (ilud) recem-nascido, o que mostra o quanto neste período D'us nos prepara para o novo, um novo mundo. Por isto a excentricidade, os seres promissores, pois é o aquário que traz novas idéias e captam as vibrações superiores do céu e da terra. Contemplando as analogias universais – vendo tudo diferente dos outros.
Neste mês, no dia 15 de Shvat, na Lua cheia, comemoramos o Ano Novo das Árvores (Tu Bishevat), isto torna este período um momento ecológico, onde nos ligamos a semente que necessidade brotar, mas para isto necessita encontrar condições para tal. Com isto, neste mês trazemos o segredo da semente, ligada ao numero 15, que é a união do masculino e do feminino. Neste mês necessitamos conhecer o equilíbrio entre as forças, pois aquele que está centrado pode retirar-se das suas escravaturas.
Neste período Aquário traz a consciência que surge das transformação da água, pelo fogo. Um ferver para transformarmos em vapor, mudança de estado. Isto significa que o mês pode trazer algum tipo de crise interna, onde rompemos com algum tipo de
sentimento que nos acompanha (medos..) e nos prende. Por isto temos a oportunidade
para nascer com  a nova semente, de TuBishvat.

É um período positivo para a realização de novos projetos. 

A Era de Aquário é marcada por esta energia, onde aprenderemos a enxergar as outras pessoas, trazendo um momento de união e compaixão para os nossos semelhantes –  unificação. Tudo será percebido como um elemento integrado, com isto traremos a revelação do Todo e da ligação entre tudo, isto é a chamada “consciência Messiânica”. Um período para termos contato com a oportunidade de corrigirmos os acontecimentos do passado (Tikun) e ficaremos livres do Satan e da fragmentação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

GAM ZU LE TOVA “ Tudo é para o bem. “

Cabala Hermética

Avinu Malkeinu