domingo, 2 de setembro de 2018




GUIA SIMPLES DE ROSH HASHANÁ

PRIMEIRA NOITE DE ROSH HASHANÁ 
 Acendimento das Velas às 17h42 •
Ao acender as velas na primeira noite recita-se as bênçãos:

 BARUCH ATÁ A-DO-NAI E-LO-HÊ-NU MÊLECH HAOLAM, ASHER KIDESHÁNU BEMITSVOTAV, VETSIVÁNU LEHADLIC NER SHEL YOM HAZICARON. BARUCH ATÁ A-DO-NAI E-LO-HÊ- -NU MÊLECH HAOLAM, SHEHECHEYÁNU VEKIYEMÁNU VEHIGUIÁNU LIZMAN HAZÊ.

 Bendito és Tu, ó Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que nos santificou com Seus mandamentos e nos ordenou acender a vela do Dia da Lembrança. Bendito és Tu, ó Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que nos deu vida, nos manteve e nos fez chegar até a presente época

Orações da Noite
 Conexões cabalísticas com as letras do novo mês.

 Na Sinagoga • Na primeira noite de Rosh Hashaná, após Arvit (a Prece Noturna), todos se cumprimentam com o voto: (para um homem) LESHANÁ TOVÁ TICATÊV VETECHATÊM (para uma mulher) LESHANÁ TOVÁ TICATÊVI VETECHATÊMI. Que sejas inscrito(a) e selado(a) para um bom ano.

A Refeição • Ao retornar da sinagoga, recita-se o kidush da noite de Rosh Hashaná

• Após o kidush, abluem-se as mãos, como em todas as próximas refeições, vertendo água de uma caneca três vezes consecutivas em cada mão até o pulso, iniciando pela mão direita, recitando-se a bênção “Al netilat yadáyim” antes de enxugar as mãos

• Costuma-se usar chalot redondas em Rosh Hashaná simbolizando, entre outras razões, a coroação de D’us neste dia. Expressa-se também a esperança de que o ano novo seja perfeito e traga o melhor de tudo para cada um.
• Distribui-se um pedaço da chalá para cada participante, mergulhando-o no mel antes de comer.
Isto é feito em todas as refeições da Festa. Antes de ingerir a chalá, pronuncia-se a bênção “Hamotsi”

• Na primeira noite de Rosh Hashaná, antes de iniciar a refeição, mergulha-se uma maçã doce no mel.
Recita-se a bênção da fruta e um pedido: BARUCH ATÁ A-DO-NAI E-LO-HÊ-NU MÊLECH HAOLAM, BORÊ PERI HAETS. YEHI RATSON MILEFANÊCHA SHETECHADÊSH ALÊNU SHANÁ TOVÁ UMTUCÁ. Bendito és Tu, ó Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que cria o fruto da árvore. Possa ser Tua vontade renovar para nós um ano bom e doce. • Em Rosh Hashaná costuma-se saborear alimentos que simbolizam doçura, bênção e fartura.

Portanto, vinho doce ou bebidas doces, peixe e carne gorda fazem parte desta refeição. (Não se come nada temperado com vinagre ou raiz forte para não ter um ano amargo. Nozes também não devem ser ingeridas.) • Serve-se cabeça de peixe ou carneiro (na prática, a língua é utilizada) para representar o desejo de ser “cabeça”, sobressaindo-se com justiça e servindo de exemplo para todos. • Tsimes, um prato de cenouras doces, também é servido.
A palavra yidish para cenouras é meren, que também significa acrescentar. Assim, tsimes representa o desejo de possuir mais méritos que falhas 
 • Outros alimentos especiais são: alho-poró, acelga, tâmara, abóbora-moranga, feijão fradinho e romã. • O bolo de mel é também uma sobremesa tradicional durante esta época (vide receita na pág. 16). • Na conclusão da refeição, recita-se a Bênção de Graças (Bircat Hamazon), encontrada no Sidur (Livro de Rezas).

FAÇA A ORAÇÃO ANA BEKOACH.


MEDITE NAS LETRAS DO MÊS:










SEGUNDA NOITE DE ROSH HASHANÁ

• Na segunda noite, uma fruta da nova estação, que ainda não foi provada, é colocada sobre a mesa no horário do acendimento das velas e do kidush. Acendimento das Velas após 18h37 •

Ao acender as velas na segunda noite recita-se as mesmas bênçãos da noite anterior (vide acima na pág. 6). • Recita-se o kidush da noite de Rosh Hashaná
• Em seguida (antes da ablução das mãos), a nova fruta é saboreada, após recitar a bênção:

BARUCH ATÁ A-DO-NAI E-LO-HÊ-NU MÊLECH HAOLAM, BORÊ PERI HAETS.
Bendito és Tu, ó Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que cria o fruto da árvore. •

 Como na primeira noite, abluem-se as mãos, recita-se a bênção “Al netilat yadá- yim” e come-se a chalá mergulhada no mel, após pronunciar a bênção “Hamotsi”. • Na conclusão da refeição, recita-se a Bênção de Graças (Bircat Hamazon), encontrada no Sidur.

Nenhum comentário:

LAG BAOMER - mistérios....

A caminho de Lag Baomer, vamos rever a realidade em que vivemos, uma realidade espiritual, que nos chega trazendo confusões, descaminhos,...