segunda-feira, 29 de março de 2010

CONTAGEM DO OMER

Muito bem..... estamos conectados com o desejo de libertar-se - romper com amarras. Mas romper com tudo, limpar todas as influencias, as "fibras" que nos prendem, não é só sair, fazer um movimento fisico, existem as amarras invisiveis. E este é a proposta das MEDITAÇÕES que vamos fazer durante 49 dias.

VOCE NÃO VAI PERDER.



meditações do omer - DA CONTAGEM DO OMER!!

o que é OMER?

Omer é uma medida!! a quantidade de oferenda que o povo deveria fazer, depois da saida do Egito.

Referencia na Torá da Contagem:


Parasha Emor: Levitico 23:9-22

A contagem é um elemento místico, que percorre os 49 portões, para que possamos chegar no nível da Sabedoria.

Estamos falando de dimensões espirituais, invisíveis, profundas, que estão dentro e fora de nós.

Não adianta você só tomar uma passe, fazer uma cirurgia espiritual, um pronto socorro, uma apometria se você não seguir um trabalho de refinamento de sua alma, doutrinando e disciplinando o seu ser!!

e as meditações iniciam hoje a noite - dia 31.

LEIA ATENTAMENTE:

1° SEMANA (31/03 à noite – 05/04)



Serão 7 dias sob a energia de CHESSED - FALA-SE "RRESSED", misericórdia em hebraico.





Começamos a olhar a energia do dia no seu inicio, sendo que tradição judaica a contagem é feita no final do dia, correspondente.


Iniciamos as nossas meditações com uma oração de abertura e fechamos, depois da leitura, tambem com uma oração.





Todas as noites recita-se a seguinte Benção:


Baruch atá Ado-Nai Elo-Heinu MeleKh HaOlam,


Asher KideShanu Be Mitsvotav Ve Al Sefira HaOmer.


Bendito Sejas Tu, Ó Eterno, nosso D-us, Rei do Universo,


que nos santificastes com teus mandamentos


e nos ordenaste contar o Ómer.




Em seguida menciona-se o nº do dia e o nº de semana e dias que representam.



CHESSED




Você sabe por que começamos com chessed, misericórdia, por que aqui esta a dimensão da benção, da luz, das energias positivas que você ...com certeza... queres receber.


Vamos começar a mexer na porta de entrada da vida, da sorte, das bendições.


E sabe como????


RELAXANDO, PERDOANDO...sendo misericordioso... pensando como esta dimensão acontece em tua vida


Cada meditação e palavra escrita aqui vão te ajudar a transformar elementos internos, espirituais...


Mas a idéia neste ano é trabalharmos com a consciência de nossos defeitos, a contar inteligência – resistências e atitudes negativas que temos que atraem as cascas (obsessões, larvas e etc...)






CHESSED DE CHESSED






Primeiro Dia da contagem do Omer


--------------------------------------------------------------------------------

Hoje é dia um da contagem do Omer - 16 de Nissan

--------------------------------------------------------------------------------
Chesed ShelBeChesed

Chessed fala dos nossos excessos, da nossa desmedida e incapacidade de parar..seja de dar amor ou rigor, comer ou beber, ser bonzinhos ou mauzinhos...


Muitas vezes somos permissivos demais, abertos demais – seja fisicamente, emocionalmente ou espiritualmente – isto é péssimo!


Mudar esta energia é ter um olhar diferente para si. O que está por detrás de nossas atitudes sem limites??? Medos, culpas... BAIXA ESTIMA...na maior parte das vezes, não nos amamos, não nos reconhecemos e daí somos demais, excessivos, erramos pelo excesso e depois COBRAMOS..... e nos odiamos...Aqui é que entra a energia corrigida de chessed – seja mais ameno consigo, perdoe-se mais, relaxe com a vida!


Estude cabala na Escola de Kabbalah que você aprenderá mais como fazer isto!


MEDITE NA PALAVRA = CHESSED deCHESSED


FECHE OS SEUS OLHOS E SINTA UM ESTADO DE ENTREGA, CONFIANÇA E FÉ - RELAXE!


ABRA OS OLHOS E MANTENHA-SE RELAXADO.....veja como é bom!!!


Em Chesed meditamos sobre a nossa participação na vida, na sociedade, no todo sem que nos misturamos, sem perder a individualidade. Dar de si para o outro é um estado interior, de desapego e principalmente de confiança e não de desconfiança.



--------------------------------------------------------------------------------




No final da Contagem diz-se:


Arachamen iachzir Avodat Beit aMiKdash Limkomah bimherah Beiameinu.


Ó D'us misericordioso faça restabelecer o serviço do Templo, em seu lugar, pronto em nossos dias.


Ribon Shel Olam - ö Senhor do Mundo!


Tu nos recomendastes por meio de Moises, teu Servo, a contagem do omer para nos purificar das nossas Klipot (cascas) e da nossa impureza, segundo escreveste na Tua Torá: "E contareis para vós desde o dia seguinte ao primeiro dia festivo, 50 dias, para que sejam purificadas as almas de Israel de suas impurezas. Assim seja do teu agrado, ó Eterno, nosso D'us e D'us de nossos pais, que por eu ter cumprido o preceito da contagem do Omer, seja remediado o que falte do segredo contido no dia do omer de hoje, e seja eu purificado e santificado com santidade das alturas. Amen. Selah

sexta-feira, 26 de março de 2010

mais Kabbalah......mais questões.....

A beleza que encontramos dentro da Kabbalah é a nossa capacidade de abrir os sentidos a algo maior, perceber o oculto.

Abrir-se para recebe-lo, é abrir-se para ter experiências espirituais.
Dentro dela encontramos contradições...uma luta entre o tradicional e o novo, o permissivo, que abre para o que chamamos, então de SABEDORIA.

No caminhos aceitável, encontramos a evolução ou revolução.
Numa busca constante para chegarmos na união das partes, do choque entre alma e corpo, entre mundos, necessitamos encontrar o equilibrio, a paz.

O SHALOM perdido.
Como adaptar a Kabbalah a uma nova realidade? Sem ferir seus objetivos e princípios? Estou falando da sua realidade!!!

Num mundo onde dinheiro, riqueza e o poder são os verdadeiros focos e princípios, isto é, a doença da sociedade, mas a necessidade que ela impõe a todos.

Temos desejos, ambições, contas para pagar, somos movidos pelo nosso impulso-desejo de obter cada vez mais coisas materiais.

Como adentrar neste circulo vicioso, onde somos muitas vezes
levados, pela nossa falta de consciência de como tudo funciona,
por estas energias que vigoram e dominam a nossa vida!?
Como cortar e refinar sem perturbar, sem provocar?

O conhecimento espiritual, em geral deve adaptar-se e não
criara fantasia de um mundo que não tem como existir!
O Mundo vindouro, olam haba, ainda está por vir e está sendo construído vagarosamente, mas ele já está ali a frente.

Em conta gotas podemos mudar a nossa vestimenta,
criando atitudes mais sábias, para administrar a nossq vida.

Queremos soluções rápidas, sem esforço....
Colocar em prática a espiritualidade exige paciência,
estudo, meditação, decisões pessoais e intimas e
acima de tudo um olhar constante para si mesmos.
Com tempos de persistência chegaremos lá.

terça-feira, 23 de março de 2010

Perguntas.....faça a sua!

Quem procura kabbalah, na maioria, busca uma fórmula mais rápida de prosperar na vida! Por que não é tão simples assim??

Kabbalah mostra magias que exigem esforços.
O esforço de sair do lugar e fazer um movimento. O Esforço de pensar diferente, o esforço de fazer o ritual, de mudar o pensamento e sentimento criando kavaná.

Quando as pessoas se dão conta que necessitam fazer alguma mudança desanimam, pensam que é mais fácil, mais mágico. E até é, para que já está na energia do movimento, do não apego. Para quem digere rapido, não perde tempo.

domingo, 21 de março de 2010

Movimentos...e Mudanças


Tem dias que parecem uma vida toda.
E estes dias acordamos cheios de luz, vontade, inspiração.
Dias sem duvidas.
Dias em que sabemos o que queremos.
Estamos realmente acordados.
Quem dera todo dia fosse assim, dinâmica, cheio de coisas acontecendo,
dias em que somos inspirados a desejar, um desejo mais consciente.

Quando nos deparamos com problemas, tambem nos deparamos com o nosso desejo - sair do problema, e sem desejo não se vive, nao se existe.

Nos movemos roboticamente atras de dinheiro e de pagar as contas, alem de comprar coisas por que todo mundo tem. Um dia quando o mal aparece, a doença, a falta de dinheiro, falta de amor, etc..nos vemos impulsionados a desejar algo para si, algo que é verdadeiro. Deixamos, então o exilio e nos refugiamos em nós mesmos.
Respostas, desejos verdadeiros, queixas e reclamaçoes.. cada um encontra algo dentro de si.

Quanto mais uma pessoa consegue adentrar em si, mais encontrará o Templo, o fogo, a Luz! maior a liberdade, maior o poder. Maior é o Eu dentro de si.

Saimos de nós mesmos, noas abandonamos e quanto mais estamos fora, mais doentes estamos. A cura é o retorno, a volta.

Caminhamos na espiritualidade, mas sem destino, sem saber para onde.
Deveriamos caminhar para si mesmos.

Procuramos fora, mas está dentro.

Com freqüência nos vemos vitimas de situações em nossas vida e buscamos mudar, nos livrar de algum força que possa estar travando nossa vida. O que ocorre é que construímos algo novo, uma realidade nova, que suplanta a realidade passada. Um mudar o foco, a direção.

quinta-feira, 18 de março de 2010


A Kabbalah é uma experiência do transcendente.
Um conhecimento espiritual a cerca de D´us, da criação e do ser humano.
Adentra o oculto e misterioso em cada coisa que toca e olha.
Permite um mergulho e um acordar para uma nova forma de ver e perceber a vida.
É um Re- Novar – rever para inovar = trazer o Novo.
Mergulha no interior trazendo iluminação e compreensão. É um salto ao outro lado do Rio, a palavra Hebreo significa aquele que está do outro lado!. E é este que traz a s coisas ocultas, a origemm, os por quês, a raiz.
O outro lado também é o encontro co o outro e a busca da unidade.
Para a kabbalah estamos no exílio, onde nossos focos e desejos estão voltados apenas para o plano do que é visto – físico e corpóreo.

Kabbalah fala ao coração.
O oculto, a sabedoria, o caminho e as respostas são elementos que não são comunicados explicitamente. Há que saber receber, saber encontrar.
Saber abrir o coração.
Saber entregar-se.

Ela está ligada a revelação através do livro sagrado – da dança, meditação, dialogo direto com D´us e ação.
É mística, teosófica esotérica. É puro sentir e observar – traduzindo este sentir.
Kabbalah é recebimento, poesia da vida. Recebe aquele que abre e tem o poder e capacidade a partir do que traz. A kabbalah irá abrir, ampliar este receber.
Recebemos a nossa própria experiência, recebemos a vida como ela nos chega – direta e pura.
E esta é traduzida partir do que carregamos dentro de nós.
Nossa interioridade é o mundo.
Acordamos o coração para aumentar nosso merecimento, acordamos para recordar quem somos e o que temos dentro de nós.
O coração (Lev em hebraico) é o centro, a maior busca da Kabbalah, a unidade. E a unidade é o casamento com o outro. O que está em mim mesma!
No centro está o 1 e no 1 está o EU – ANI, em hebraico e o ADONAY ( O senhor do meu eu), e por isto dizemos ANI ADONAY = a harmonia e equilíbrio, a totalidade que encontramos na palavra SHALOM, que soma 35 que é a soma do corpo (2) e da alma (5).
Shalom é paz, e estar em paz é estar reconciliado consigo mesmo.
Longe da negatividade, da duvida, da confusão, da incerteza, do barulho, caos e desvios.
Através da combinação AMOR+CARIDADE+FÉ abrimos o coração.

segunda-feira, 15 de março de 2010

MEKUBAL – SEJAMOS RENASCIDOS




Das cinzas renasce a águia, que em seu vôo ganha altura, para ver tudo de cima e com leveza.
Para voar é necessário alma, mais do que corpo.
Quando o corpo pesa é preciso trocá-lo, renová-lo. E assim Renascer.

Lutem, lutem contra a depressão, lutem contra o anjo da morte.
Lutem contra o que divide, contra o desconforto, a dor e o sofrimento.

A vida real pede uma luta constante, um desejo de estar ali, presente, em pé, firme, respondendo as suas exigências. A vida pede Equilíbrio e Harmonia.
Para chegar aqui é preciso renovar-se, atualiza-se, limpar as velhas formas pesadas de pensar e agir, entrar na kabbalah e vestir-se de sua linguagem, como numa dança, aberta a várias interpretações. Kabbalah é receber – estarmos abertos, deixar a vida inventar e reinventar, deixar chegar o novo a cada momento. Resignificando o caminho.
Kabbalah é se deixar tocar por D´us, um D´us criador infinito, que infinitamente está em movimento, que é verbo, que nos pede para abrir mão de antigos paradigmas, tradições, apegos.
Kabbalah é RADASH, é o novo.

“ D´us renova a criação a cada dia, eternamente “ Zohar I 205b

Seja um MEKUBAL, um renascido, pois aquele que aceita a renovação vem do novo, das cinzas onde a dualidade rege.
Renasce para uma vida com um novo equilíbrio.
ESCOLA DE KABBALAH – um Novo Começo
Um Novo Olhar

segunda-feira, 8 de março de 2010

PASSOS CABALISTICOS


Você quer melhorar a sua vida?



STEP BY STEP


Dentro do universo cabalístico vamos nos relacionar com estruturas místicas, ocultas. Então começamos com um planejamento em cima do que chamamos calendário. Olhe a próximo mudança de luz! Luz Nova e Lua Crescente...
Nossa caminhada começa com um único olhar!
Como você está? O que está acontecendo na sua volta? Como você esta se sentindo? O que tem passado em sua cabeça, nos últimos dias?

Cuide de suas emoções e seus pensamentos na próxima lua Nova – ela é a chamada Lua Escura! Este é um momento em que nos deparamos com a negatividade, um maior desejo de querer para si, que está alem de ti, está no ar. É o momento para deixar os bichos internos sairem, pois é um fim de ciclo, morte e transformação. O contato com aquilo que desejamos, pensamentos ou aquilo que necessitamos mudar. O sofrimento deste período e as dificuldades que aparecem se devem aos apegos que temos e nossas dificuldades de abrir mão, mudar e etc.
Queremos mudar, desejamos, vemos e pensamos, ouvimos conselhos, mas na PRÁTICA...ui..... é bem difícil...ainda não sabemos como fazer isso.
Ainda vivemos excessivamente dentro de uma realidade externa, racional.

Próxima lua: Crescente: Novo ciclo, novo mês – chamamos de Rosh Kodesh – Mês de Nissan! 1° mês do calendário cabalístico.
É A NOSSO GRANDE OPORTUNIDADE de que nada SERÁ COMO ANTES...,
Mês do IMPULSO, DA INICIATIVA, isto é, as energias de luz que fluem até nós e que nos abrimos para receber (através de nosso desejo). Nissan vem sob a luz de Áries (Tale, em hebraico) e marte (Maadim, em hebraico).
É hora de contatar o trampolim para começar a dar o salto ou fazer um movimento novo, entrar de cabeça – fazer um novo começo – e será na Lua Cheia que este energia nos banhará com toda a sua força – É PRECISO ESTAR PREPARADOS E ABERTOS.
Na Lua Cheia temos a festa de PESSACH, a páscoa judaica, que para a kabbalah é o trampolim de energia, o melhor momento para a ação. Colocar em prática as energias, que através de ti, da tua vida prática e das tuas iniciativas irá fluir a luz.

Quando falamos em iniciar algo, dar IMPULSO, AGIR e etc...astamos falando em todas os niveis do teu ser.

não existe MUDANÇA verdadeira que não ocorra com uma mexida na raiz da situação. No nivel da alma e do corpo.

Na prática, num primeiro momento te convido para aprender a parar um pouco, para entrar no mundo da Raiz de tudo, invista em desmanchar seu ego, suas posturas de dono (a) da verdade, está é a nossa maior barreira. Depois mergulhe no que está por detraz do que queres ou acontece em tua vida. Faça força, vença os pensamentos comuns, negativos, que insistem em vir, a insegurança.

Pare, medite...vamos aquietar a mente e neste fim de ciclo lunar (signo de peixes - mes de Adar) meditemos nas letras do mês.

veja no site:
http://www.escoladekabbalah.com/index.php?option=com_content&task=view&id=419&Itemid=72


Com elas captamos a luz para o seu melhor direcionamento. vamos ficar "amigos da Luz".




A PARTIR DO DIA 15 A ESCOLA DE KABBALAH ABRE PARA ATENDIMENTOS

MARQUE SUA HORA

Caminhos, respostas, alivio de angustias, elevação espiritual

3388.7799 ou 9979.4345

sexta-feira, 5 de março de 2010

FERIAS É NO HAITI

Por onde ando?
perdida por ai....

É tão bom sair, parece que sem rumo, um rumo certo e incerto.
Verdade seja dito, quando programamos ferias, queremos sol, mar...descanso...mas busquei um Haiti, e o Haiti é aqui.
Experiencias espirituais, das mais fortes.
Colocar em prática, abrindo mao de muitos rituais, em nome de algo maior, ajudar a construir, recontruir a vida!

Ajudar a abandonar a culpa, a doença, o nao merecimento que carregamos e achamos a coisa mais normal. Nossa mente que é tomada pela negatividade, pelos fantasmas de que o pior vai vir.

Queremos milagres a toda hora, soluções rapidas, mas a paciencia e a astucia em administrar as palavras, ajudar as pessoas, abrir os olhos e tentar trazer a esperança e a fé na vida e em si. ISTO NÃO TEM PREÇO.
O Haiti nâo era tão longe assim.

Na caminhada que fazemos, cada um de nós deve aprender a colocar significado e intensão naquilo que está fazendo, tendo o minimo de conhecimento cabalistico, nao será dificil de fazer isso.
Letras, numeros, mundos, sefirot serão referencias, para cada degrau percorrido, por cada dia, semana ou meses.

Aprenda que quem faz a sua história é voce mesmo.
Aprenda que voce nao tem que convencer ninguem de suas crenças, mas ajudar as pessoas a se conectarem com a luz, felicidade, a vida!! Nosso tikun é ajudar as pessoa a se libertarem de suas amarras!!

E todos dias temos um tikun... um novo, ou o mesmo, para cumprir.

No estagio que estou, ou lugar!, tudo é muito cinza e preto, pouco sol, há algo de frio e contraido no ar. Encontrar a luz nao é facil, neste momento exige um fazer a luz. Veja a diferença!!! as vezes podemos encontrar a luz e revela-la e outras vezes a vida exige mais esforço, e necessitamos fazer a luz e revela-la!!

FAZER x ENCONTRAR

fazer tem uma relação com a criação, e para fazer-criar a luz é preciso escuridao, com isto visitamos locais d emaior dor, sentimos maior dor.
Encontrar a luz exige um outro esforço, é deixar aparecer algo que já está pronto, nao necessiariamente temos que contatar a escuridao! Menos esforço e menos sofrimento.

Vamos pensar nisso!

Shalom a todos! Shabat Shalom

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...