Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

ESPALHEM-SE!!...chegou o signo/mês de PEIXES!

Imagem
Dag – dalet + guimel (4+3) = peixe, o pobre que se torna rico, pois aprende o valor da água, o dar! Por isto é neste signo que encontramos as pessoas mais amáveis, dadas, sensíveis, generosas. Assim é peixes, tentando nos ensinar sobre uma outra dimensão, uma outra consciência. No nome dag está Gomel Dalim – ajude aos pobres. E pobre é aquele que está sem...sem conhecimento, dinheiro, comida, roupa, amor....E esta é a disposição do Peixes, de doar.
É ele que nos remete a outra realidade, espiritual, oculta, simbólica. Do mar chega a prosperidade, a riqueza, a inspiração constante. Um momento especial para sermos inspirados para seguir novos rumos.
Em peixes tudo se dilui, tudo é uma coisa só, uma rede que se forma, de sensações e percepções. Por isto, piscianos necessitam controlar sua sensibilidade, pois sentem tudo a sua volta.
O peixe liga o físico com o Espiritual, traz para a terra a luz.


Pois é dia 3 inicia um novo mês, Rosh Kodesh. Cabeça do mês, e este é o momento de nos conectarm…

Sorte e Azar!

Imagem
A vida é como a carta 10 do Taro, a roda da fortuna...

altos e baixos!

Muitas vezes quando achamos que tudo está ótimo..acontece algo e muda tudo,
quando estamos no alto, corremos o risco...de descer.

Um movimento contínuo, uma dança!

O que aprendemos na Kabbalah é que podemos controlar, dar um equilíbrio para estes movimentos de tamanha oscilação, quanto maior a oscilação...maior o sofrimento!
A idéia de coluna do meio é esta, uma estrutura espiritual que está dentro e fora de nós que nos coloca num estado de constante equilíbrio. Onde a energia da direita e da esquerda funcionam de forma una.

A vida é feita de movimentos, evolução, mas sempre desejamos estar no aspecto da vitória e sucesso, mas para garantirmos mais vitórias e sucessos, os desafios aparecem, as dificuldades aparecem , por que exigem de nós mais ainda. E isto é que garante nosso crescimento.
Imagem
Hoje é o Ano Novo das Árvores! PARABENS!!

A todo verde que nos acompanha, todas as árvores que florescem nos oferecendo oxigênio, sombra, frescor, beleza!! Nos oferece suas flores e seus frutos, suas sementes, seus troncos...

Nos alimenta, embeleza nosso mundo, segura a chuva, nos oferece o braço para o balanço, a raiz para sentar! A Sombra para se refrescar!!

Parabéns as frutas e flores...

Que suas sementes possam seguir o caminho de seu destino, não o Lixo, mas a terra! Onde cada semente pode seguir a sua “sina”, trazer uma nova fruta!

E a arvore tão mística e importante, guarda o conhecimento ou a vida! Calada, fica anos ali, assistindo os acontecimentos da história.

Movimentos....

Imagem
O capitulo da Torá desta semana nos ensina e nos remete a novas energias!
BÔ (bet, alef = 2 +1 =3), significa “Vai”, no numero 3 mostra o inicio de um movimento, o movimento da libertação.

É preciso olhar mais fundo para entendermos e entrarmos nesta onda, para que possamos, também , nos libertar.

E D´us com sua misericórdia, vai aos poucos acordando a cada um de nós através de cada uma das pragas, movimentos que despertam o correção do faraó.
O objetivo é quebrar o coração endurecido dele.
D´us sabe que o homem não se desprende de seu Egito ( símbolo das coisas que nos prendem), assim, do dia para a noite. É preciso vários movimentos e acontecimentos que vão desprendendo e despertando o desejo mais completo para a libertação.
Enquanto Moises simboliza a Neshama, a alma desperta, que percebe o divino e sua missão, o faraó, simboliza a Nefesh, os instintos, os impulsos inconscientes que temos.
Leva tempo para sairmos de um tipo de movimento (pensamento e sentimento).
A liberdade é um convite…

o Tempo Templo....

Imagem
Ahhh o tempo, que tempo é este, que nossas contas nos ancoram em datas de vencimentos, datas de responsabilidades.
Que tempo é este que faz parte deste mundo, das coisas mais concretas.
Que tempo que é tão Templo, que nos remete a alma, essência do ser.

Tudo neste mundo tem seu tempo
Cada coisa tem sua ocasião
Há tempo de nascer e tempo de morrer
Tempo de plantar e tempo de arrancar
Tempo de matar e tempo de curar
Tempo de derrubar e tempo de contruir
Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar
Tempo de chorar e tempo de dançar
Tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las
Tempo de abraçar e tempo de afastar
Tempo de procurar e tempo de perder
Tempo de economizar e tempo de disperdiçar
Tempo de ficar calado e tempo de falar
Tudo é ilusão
É tudo como correr atrás do tempo
Pessoas nascem, pessoas morrerm
Mas o mundo continua sempre o mesmo
O sol continua a nascer e a se pôr
e volta a seu lugar para começar tudo outra vez
O vento sopra para o sul, depois para o norte
Dá voltas e mais vo…

A visão da Kabbalah Judaica sobre 2011