domingo, 30 de janeiro de 2011

ESPALHEM-SE!!...chegou o signo/mês de PEIXES!





Dag – dalet + guimel (4+3) = peixe, o pobre que se torna rico, pois aprende o valor da água, o dar! Por isto é neste signo que encontramos as pessoas mais amáveis, dadas, sensíveis, generosas. Assim é peixes, tentando nos ensinar sobre uma outra dimensão, uma outra consciência. No nome dag está Gomel Dalim – ajude aos pobres. E pobre é aquele que está sem...sem conhecimento, dinheiro, comida, roupa, amor....E esta é a disposição do Peixes, de doar.
É ele que nos remete a outra realidade, espiritual, oculta, simbólica. Do mar chega a prosperidade, a riqueza, a inspiração constante. Um momento especial para sermos inspirados para seguir novos rumos.
Em peixes tudo se dilui, tudo é uma coisa só, uma rede que se forma, de sensações e percepções. Por isto, piscianos necessitam controlar sua sensibilidade, pois sentem tudo a sua volta.
O peixe liga o físico com o Espiritual, traz para a terra a luz.


Pois é dia 3 inicia um novo mês, Rosh Kodesh. Cabeça do mês, e este é o momento de nos conectarmos com a energia do novo mês, a sua luz , para sermos iluminados nestes ciclo com sua abundância. É no inicio do mês que pedimos para que D´us nos abençoes e nos proteja.

Peixes é um convite para olharmos com outros olhos nossas vidas, romper com padrões pré estabelecidos, ficarmos mais soltos, mais livres. Captar as forças espirituais, receber dos Tzadikim (almas justas) a luz da sabedoria. É um momento de diálogo com D´us.

Peixes pode ser um solvente para todas as barreiras que conhecemos, por isto que neste signo encontramos a força da luta contra o mal e a alegria, o riso, que a letra KUF traz! Através da festa de Purim, a história da Rainha Ester, podemos conhecer a energia da sensibilidade, que é trazida pela Rainha Ester. Assim, como os diferentes disfarces que a Vida nos pede.



Agora sim, entramos numa zona dificil de trabalhar.
Seja Feliz,
Seja espiritualizado!
Seja leve,
Seja alma
Seja Próspero!
As águas férteis do mar, descem até nós!! Estamos no décimo segundo mês, sob a energia de Peixes.

Por que ser feliz e próspero é tão difícil?

Simples. Nos falta coragem para aceitar que ser feliz e prospero é uma condição necessária, humana e permitida!
É preciso se dar um tempo, para saber para onde está levando a tua vida e abrir oportunidades dentro de ti, de tuas decisões.
No texto anterior escrevi sobre morte, por que Peixes é o ultimo signo, representa a morte, mas o renascimento, ele é a pura vida, mas sem a morte não reconhecemos a vida.

Peixes é um convite para sentir, perceber, ir alem da razão, do rigor, da dureza que impomos a nós mesmos. Peixes é a liberdade da água. A liberdade do espírito.
A transcendência da matéria. A idéia principal de Adar é trazer grandes revelações espirituais, inspirações e percepções do mundo físico.
O pedido de D’us é para que possamos abrir espaço para coisas mais secretas, ocultas, profundas. Talvez por isto o carnaval! Em peixes também temos nosso carnaval, a festa de purim é a festa das mascaras, é a hora de colocar tudo para fora!

Durante Adar recebemos poderes especiais para implementar os insights profundos e importantes que tenhamos conseguido. Felicidade a energia para realizar a missão espiritual importante perceber nossa maior inspirações e idéias é adquirida através da felicidade. A possibilidade de recorrer a 'shechina' – a presença divina, no mundo – é realizada por meio da alegria e a felicidade, como foi observado por nossos Sábios: "O espírito Divino só pode ter impacto através da felicidade".

Os mistérios deste mês está na elevação da vibração que nos traz proteção contra o mal. A alegria, as águas, os peixes são símbolos desta proteção!

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Sorte e Azar!



A vida é como a carta 10 do Taro, a roda da fortuna...

altos e baixos!

Muitas vezes quando achamos que tudo está ótimo..acontece algo e muda tudo,
quando estamos no alto, corremos o risco...de descer.

Um movimento contínuo, uma dança!

O que aprendemos na Kabbalah é que podemos controlar, dar um equilíbrio para estes movimentos de tamanha oscilação, quanto maior a oscilação...maior o sofrimento!
A idéia de coluna do meio é esta, uma estrutura espiritual que está dentro e fora de nós que nos coloca num estado de constante equilíbrio. Onde a energia da direita e da esquerda funcionam de forma una.

A vida é feita de movimentos, evolução, mas sempre desejamos estar no aspecto da vitória e sucesso, mas para garantirmos mais vitórias e sucessos, os desafios aparecem, as dificuldades aparecem , por que exigem de nós mais ainda. E isto é que garante nosso crescimento.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011




Hoje é o Ano Novo das Árvores! PARABENS!!

A todo verde que nos acompanha, todas as árvores que florescem nos oferecendo oxigênio, sombra, frescor, beleza!! Nos oferece suas flores e seus frutos, suas sementes, seus troncos...

Nos alimenta, embeleza nosso mundo, segura a chuva, nos oferece o braço para o balanço, a raiz para sentar! A Sombra para se refrescar!!

Parabéns as frutas e flores...

Que suas sementes possam seguir o caminho de seu destino, não o Lixo, mas a terra! Onde cada semente pode seguir a sua “sina”, trazer uma nova fruta!

E a arvore tão mística e importante, guarda o conhecimento ou a vida! Calada, fica anos ali, assistindo os acontecimentos da história.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Movimentos....



O capitulo da Torá desta semana nos ensina e nos remete a novas energias!
BÔ (bet, alef = 2 +1 =3), significa “Vai”, no numero 3 mostra o inicio de um movimento, o movimento da libertação.

É preciso olhar mais fundo para entendermos e entrarmos nesta onda, para que possamos, também , nos libertar.

E D´us com sua misericórdia, vai aos poucos acordando a cada um de nós através de cada uma das pragas, movimentos que despertam o correção do faraó.
O objetivo é quebrar o coração endurecido dele.
D´us sabe que o homem não se desprende de seu Egito ( símbolo das coisas que nos prendem), assim, do dia para a noite. É preciso vários movimentos e acontecimentos que vão desprendendo e despertando o desejo mais completo para a libertação.
Enquanto Moises simboliza a Neshama, a alma desperta, que percebe o divino e sua missão, o faraó, simboliza a Nefesh, os instintos, os impulsos inconscientes que temos.
Leva tempo para sairmos de um tipo de movimento (pensamento e sentimento).
A liberdade é um convite para transformar e soltar-se de si mesmos, para uma vida mais feliz e mais plena.
A cada praga algo acontece dentro de nós que vamos amolecendo a carne!! Nos entregando, num processo de Bitul (humildade e entrega do Ego).
Mas é na morte dos primogênitos, que o Faraó se entrega, entrega a alma mais pura – Israel!
Para a Cabala Faraó, Moises, Israel é uma coisa só, um ser único!

O primogênito significa a semente da continuidade, os desejos, sonhos, projetos, a continuação da vida, o futuro.

Neste mesmo capítulo veremos todas as regras sobre a “festa de Pessach” – a páscoa. Pessach significa saltar. E é aqui que podemos experimentar este movimento, ...vai...para o teu salto...esta é a tua chance, muda a tu forma de viver, a partir de mudanças internas – mude o pensamento e mude os sentimentos.

A kabbalah judaica busca entender que o ser humano pode fazer o seu destino, pode chegar mais próximo de D´us , mas a partir de si mesmos, e não a partir de magias externas.

Por isto ela nos remete a Terra Prometida, a terra do conhecimento de D´us! Nos remete a Daat (conhecimento). Que significa o tomar conhecimento de D´us para que possamos reconhecê-lo! = Crer!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

o Tempo Templo....


Ahhh o tempo, que tempo é este, que nossas contas nos ancoram em datas de vencimentos, datas de responsabilidades.
Que tempo é este que faz parte deste mundo, das coisas mais concretas.
Que tempo que é tão Templo, que nos remete a alma, essência do ser.

Tudo neste mundo tem seu tempo
Cada coisa tem sua ocasião
Há tempo de nascer e tempo de morrer
Tempo de plantar e tempo de arrancar
Tempo de matar e tempo de curar
Tempo de derrubar e tempo de contruir
Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar
Tempo de chorar e tempo de dançar
Tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las
Tempo de abraçar e tempo de afastar
Tempo de procurar e tempo de perder
Tempo de economizar e tempo de disperdiçar
Tempo de ficar calado e tempo de falar
Tudo é ilusão
É tudo como correr atrás do tempo
Pessoas nascem, pessoas morrerm
Mas o mundo continua sempre o mesmo
O sol continua a nascer e a se pôr
e volta a seu lugar para começar tudo outra vez
O vento sopra para o sul, depois para o norte
Dá voltas e mais voltas e acaba no mesmo lugar
Todos os rios correm para o mar, porém o mar não fica cheio
A água volta para onde nascem outra vez
O que foi feito antes será feito novamente
Não há nada de novo neste mundo.

Musica de Fernanda Porto..... e ela tem toda a razão!

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...