sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Elul - Um novo ciclo de oportunidades!




Vivemos diariamente ciclos de Energias, estes ciclos se manifestam através da roda astrológica – de cada dia, cada semana, cada mês e ano....
Num olhar mais profundo a cada dia temos oportunidades de mudanças, de fazer o tempo realmente andar, utilizá-lo da forma mais correta. Aprender a usá-lo em nossa verdadeira Missão, por aqui!

A cada ciclo lunar temos diferentes tipos de energias e oportunidades.
No dia 29 a noite, estamos entrando no 6° ciclo lunar, o ciclo do signo de Virgem (Betula, em hebraico). E este signo nos traz as energias que nos preparam para o ciclo seguinte ( um dos mais importantes de nosso ano!! Quando nos encontramos com as chamadas Grandes festas: Rosh Hashaná /ano novo, Yom Kippur / dia do perdão).

Bem vindos!! Estamos entrando na maior oportunidade de mudar nosso DNA, nossa vida!
Mudar a história!!

Virgem é um convite a TESHUVA, palavra que significa: Retorno, arrependimento, perdão, voltar para si, cancelar, respostas, fazer de novo, recuperar, desistir, converter...
O processo de auto análise feito durante este período ganha as energias espirituais, como se os anjos viessem e retirassem as pedras que estão em nosso caminho. Retiram de forma cirúrgica, quando cada um de nós faz o seu mergulho!

Veja no site mais textos sobre este mês..... e as suas meditações......
WWW.escoladekabbalah.com


As pessoas me perguntam: como fazer? O que fazer então? Como fazer as conexões?

1° PARE UM POUCO SUA CORRERIA....sempre a mesma coisa...não existe conexão, transformação, no novel que a Kabbalah propõe se você não parar..MEDITAR é fundamental! Silenciar-se e conectar-se com você mesmo é TUDO! ..a partir daí..podemos Começar.....
Leia este email.. e depois saia da frente do computador.....ele puxa o tempo todo sua atenção, sua energia.....

Medite em sua vida, não como uma queixa, mas olhe para ela, para as áreas que você deseja mudar.
Olhe para onde existe algum tipo de sofrimento.
Pense a respeito.
Escreva num papel, palavras soltas sobre isto! Faça um esquema sobre sua vida.
Veja as coisas que estão sempre se repetindo....
Observe, analise, pense, veja a possibilidade de mudar (preste atenção na sua reação, no pensamento comum...”não tem como”, “ não adianta”....)

Veja como você é com você mesmo(a)! Isto se chama Não Merecimento.

Medite nas letras do mês de Elul ( Resh e Yud), imagine uma luz chegando em você através destas letras .


Pense no Perdão,relaxe, solte...deixe ir....visualize uma nova possibilidade em sua vida.
A partir deste sábado entramos nesta energia!


terça-feira, 16 de agosto de 2011



Arquiteta lança móveis inspirados nas letras hebraicas



A Arquiteta Luiza Altman acaba de lançar uma linha de mobiliário inspirada nas letras do alfabeto hebraico, em madeira, poliuretano e metal. Vale a pena conferir as peças da arquiteta.



A palavra é a dinâmica da vida, expressamos nossas idéias, nossos pensamentos. É pela palavra que construímos os diferentes mundos em nossa volta.

É a palavra a magia maior para a kabbalah. Nele está a força e a energia.
Somos seres lingüísticos.
Para a kabbalah a palavra está no processo da criação. D´us cria o mundo através de suas palavras.

É onde o homem se diferencia de cada homens e de cada coisa criada neste mundo. “ Aquele que não pode falar, dar nome está fora de um contexto, o contexto para descobrir-se.
Na palavra criamos mundos e destruímos, com ou sem consciência usamos as palavras de forma incensurável, desmedida, sem dar importância, sem meditar ou focá-las.

Ela nos aproxima de tudo que está fora e dentro de nós, através do pensamento captamos e pagamos para nós, através da palavra transformamos estas coisas. Damos inicio, meio e fim, trazemos um destino, um caminho, definindo a missão e sua evolução.

Palavras nos chegam e nos transformam, sem que possamos perceber, somos frutos de palavras faladas e pensadas. Sem tê-las, absorvemos qualquer palavra, de qualquer lugar!

É preciso ter a sua própria palavra, algo que venha do coração, algo que construa o sagrado.




As letras do alfabeto hebraico representam as vasilhas de transformação, em nossa caminhada conheceremos algumas idéias a respeito delas. A primeira letra é o ALEF, de valor numérico 1, corresponde a letra “H”, e não comumente é conhecida como a vogal “A”. Ela representa o primeiro som que o ser humano articula. Exprime a idéia de unidade e do princípio; designa a causa, a força, a atividade, o poder, a estabilidade e o homem como unidade coletiva.
Ela é pura energia – designo Divino. O primeiro estado do Fogo, a semente. É o homem primordial, Adam Kadmon, o modelo, a idéia, é a ponte e mediador. O desenho da letra nos leva a carta do MAGO, onde a mão humana recebe a força e inspiração Divina e traz ao seu mundo. Esta é a luz da consciência. É o principio da emanação, o inicio. Principio do pensamento, que anima e dirige e é envolvido por ela. A semente que é jogada no universo. Nesta carta encontramos o Homem, o bastão (masculino), a taça (feminina), a espada que é a ligação entre os dois.
Ela esta ligada ao elemento AR, é o que traz o estado de equilíbrio de nosso cosmos. Pois este elemento é intermediário entre céu e terra.
É a letra que simboliza o ato anterior a toda a Torá, o ato anterior a criação – O silêncio, ela é uma letra muda, representa a necessidade que temos de aquietar a mente e o coração, ela é o momento de inspiração, é a conexão da vontade com o restante do ser. É a captação- recebimento. Alef é a primeira sefirá (keter), oculta, serve para receber de D'us. O Alef traz a realidade infinita, a luz da sabedoria.

domingo, 14 de agosto de 2011

Amor...amor....e muita Luz!

Todo o dia 15 de Av (Calendário Cabalístico/Judaico) é considerado o dia de maior Luz do ano. Sob a regência do mês de Leão (Ariel), o sol brilha, trazendo consciência, alegria, amor e harmonia. Em nosso calendário neste ano dia 14 e 15 são as datas que recebem esta Luz!

É lua Cheia, o que simboliza toda nossa capacidade de receber luz.

Normalmente recebemos esta luz de forma parcial, lembre-se: Tudo é revelado na medida em que pode ser recebido!

A Lua representa Malchuth/Yesod e o sol de Zeir Anpin, a estrutura completa, com as 6 sefirot que devemos corrigir ( são os aspectos emocionais que organizam toda a estrutura para recebermos a luz maior, e que ao nos afastarmos da Divindade, desorganizamos estes universos. É neste dia que podemos abrir a nossa consciência para uma consciência de paz , harmonia, amor e liberdade, a consciência Messiânica. Assim como Malchuth/Yesod é a representação da Mulher e Zeir Anpin é a representação do Homem, neste dia existe o encontro destas forças, o que proporciona encontros com a nossa ALMA GÊMEA

A época após os meses de julho e agosto há uma transformação de nossa energia criativa e expressiva. Estamos vindo de 3 semanas de muita escuridão, como se estivéssemos Vazios, e agora podemos nos preencher. Estaremos então renovando a nossa capacidade de receber luz, a partir do dia 10 de Av, o auge da energia positiva é no dia 15 de Av, conhecido como Tu B’Av – DIA DO AMOR – uma data que expressa a reunião das tribos, a UNIFICAÇÃO – um dia de imensa energia positiva.



Vamos meditar no amor, mandar e receber flores, rosas, meditar e fazer conexões de amor e alegria! Todas as orações possuem neste dia a kavaná do amor – aumentar os laços ou encontrá-lo!!!

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...