Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

HOSHANA...RABA... terça

Imagem
Domingoooooooo....dia 3-4


Acabou o Yom Kippur, mas não terminaram os trabalhos espirituais.
Ainda temos sucot, Hoshana Haba, Shmini Atseret, Simchá Tora....
Muitas situações que irão nos dar a oportunidade de transformar nossas vidas, através de rituais que mexem com nosso mundo interno.

Yom Kippur termina e temos uma sensação de satisfação e tristeza, é como final de festa...é uma pena que acabou.
Podemos falar do nível espiritual que atingimos, mas existe algo que nos acompanha desde a infância...os encontros familiares e o encontro com a comunidade. Por isto, tudo tem este ar de festa.
Espiritualmente unidade, ligação, identidade...passando por paciência, tolerância e muito mais.
É um momento único durante todo o ano!
Os encontros e reencontros, a dinâmica de uma comunidade que fica exposta em apenas 1 dia.
E que dia.


É preciso perdoar a D´us e a natureza e mais ainda, é preciso perdoar ao homem que destrói e desequilibra. Um D´us misericordioso que perdoa nossa não escuta para Ele…

NOSSO LAR.... Sucot! ( A Cabana )

Imagem
É preciso um arquiteto.

É preciso aprender a construir cidades dentro de nós,

casas, cabanas.....

Nossa estrutura de vida, de valores,

sentimentos que necessitam de uma fundação.

Limpos, purificados...

pelo arrependimento e perdão que veio de nosso coração!!



Agora é preciso criar uma nova forma de ser.



Depois de tantos trabalhos espirituais de purificação, estamos "vazios" , necessitados de luz! A caminha a seguir, após o Yom Kippur, dia do perdão é a " festa de Sucot" , festa das cabanas (na tradição literal lembra a passagem dos hebreus no deserto e sua vida em cabanas).

Sucot acontece no dia 27 de setembro. Uma festa de 7 dias; mais uma porta que se abre no céu para o nosso crescimento.

Sucot nos traz a experiência de ESPAÇO, a delimitação de nosso espaço, também pudera... nos tornamos tão alma em Yom Kippur,...mas vivemos aqui, no corpo, então, vamos trazer esta alma para o corpo, um novo corpo. Uma nova vida!


A Sucá , palavra em hebraico que sugere plenit…

pós Yom Kippur!

Imagem
Acabou o Yom Kippur, mas não terminaram os trabalhos espirituais.
Ainda temos sucot, Hoshana Haba, Shmini Atseret, Simchá Tora....
Muitas situações que irão nos dar a oportunidade de transformar nossas vidas, através de rituais que mexem com nosso mundo interno.

Yom Kippur termina e temos uma sensação de satisfação e tristeza, é como final de festa...é uma pena que acabou.
Podemos falar do nível espiritual que atingimos, mas existe algo que nos acompanha desde a infância...os encontros familiares e o encontro com a comunidade. Por isto, tudo tem este ar de festa.
Espiritualmente unidade, ligação, identidade...passando por paciência, tolerância e muito mais.
É um momento único durante todo o ano!
Os encontros e reencontros, a dinâmica de uma comunidade que fica exposta em apenas 1 dia.
E que dia.

Chuva por todos os lados, a água que desce e alaga as ruas, também simboliza os aspectos de purificação e limpeza que existem no Dia do perdão.

É preciso perdoar a D´us e a natureza e mais ai…

CURSO ASTROLOGIA CABALÍSTICA

Imagem
A astrologia cabalística é um dos mais antigos estudos de nosso cosmos e sua influencia em nossas vidas. Nelas D´us é e está acima de tudo, cria cada elemento do universo e coloca cada um em uma posição adequada para que cada coisa nesta vida cumpra seu propósito. Constelações e planetas foram criados com um DNA cósmico, na qual nos conectamos para filtrar as energias mais adversas do universo e funcionar com este propósito maior. Adentrar esta astrologia é saber por onde se caminha a cada dia, semana e mês…. INÍCIO: 30 de SETEMBRO – QUARTAS feiras Às 19h30 VALORES: R$ 160,00/mês ____________________________________________ PROGRAMA: 1° mês –  Introdução D´us é o Criador Abraão como 1° astrólogo – Sefer Yetzirah DNA cósmico Símbolos da Astrologia 2° mês – 3° mês Símbolos e letras A energia dos Meses – Signos e a função de cada um 12 Tribos e suas Vibrações 4° mês Planetas, letras, anjos e sefirot Meditações cabalísticas
Imagem
PERDÃO

UMA PERDA ENORME.....


Existem diferentes formas de pedirmos perdão.
Existem diferentes formas de entendermos o perdão.
Existem perdões que gritam,
Perdões silenciosos.
Perdões que se perdem no meio do caminho,
Perdões que se ganham no meio do caminho.
Perdão que nunca é perdão.
Perdão que não perde nada!!
Perdão que não abre a mão de nada!!
Perdão que se agarra, perdão com garra...

Há perdões e há perdões.
Perdões que apertam nosso coração, mas que nunca saem de nossas bocas,..
Apertos no coração que exprimem nossos paredões para os perdões.

Perdão é a aprendizagem de perder algo, abrir mão de algo...

Mas adoramos nos agarrar nas coisas que nos machucam,
É preciso perder, deixar ir, sacrificar as velhas vaidades para começar de novo.

No perdão morremos, para renascer, mais leves, mais almas.

O perdão é o verdadeiro amor, a verdadeira entrega e humildade.
É a nossa capacidade de transformar a maldição em bendição.

Aprenda a perdoar a si mesmo(a), a perdoar a vida, a D´us...para p…

O Figado Ferido

Imagem
Quando estamos densos demais, fechados e pesados, cristalizamos nossa energia, criamos a raiva e o ódio, emoções primitivas aparecem, fechamos nosso coração para transformação, entrega, ou simplesmente, fechamos o coração para não deixar as lágrimas de tristeza brotarem.

 E é o fígado que desintoxica o corpo, as emoções , os pensamentos. Quando guardamos tudo, nosso Figado acumula toxinas que buscam caminhos de expressão – a doença física, a doença emocional ou mental. A pele, a fala, a expressão mostra nossa intoxicação, nossa raiva, nosso ódio gratuito.
 Os venenos chegam em nossa cabeça, criam fantasias e pensamentos negativos. A agressão existe quando estamos longe de nós mesmas. E o mais interessante, é que, como a raiva nos cega, quanto mais sentimos raiva e ódio, mais ficamos cegos para a verdade.

É no fígado que encontramos a fonte da ação, da agressividade, o principio de nossas conquistas.

É impressionante saber que as células hepáticas são as células com mais mitocôndrias…

Por que Comemoramos o Ano Novo no 7° mes????

Imagem
O primeiro mês é conhecido como Nissan, mês que relembramos a saida do povo do Egito (pessach/pascoa), em Nissan nos libertamos de nosso Egito, parte de nossa alma experimenta o mesmo gozo da saida do Egito, consegue se desamarrar de escravaturas "quase"eternas. É como um nascer, sair do útero, do carregar pedra para os outros e começar a fazer sua verdadeira função, ser voce mesmo - o caminho para a revelação do individuo.
Mas para isto são necessários 6 meses para reconstruir uma personalidade, um EU forte, que já se desvenciliou das lembranças e apegos do passado (que já largou a saia da mãe). Passamos então pelos 5 signos - áries, touro, gemeoas, cancer e leão, chegamos no 6° signo, virgem para realizar a Teshuva, pois construimos um eu cheio de egos e manias, cheio de si, que agora precisa fazer uma geral, reorganizar e rever cada coisa construida, o que carrega e não carrega dentro de si. Virgem nos convida a entrar num estado virginal, estarmos abertos para o novo, s…