quinta-feira, 24 de setembro de 2015

pós Yom Kippur!


Acabou o Yom Kippur, mas não terminaram os trabalhos espirituais.
Ainda temos sucot, Hoshana Haba, Shmini Atseret, Simchá Tora....
Muitas situações que irão nos dar a oportunidade de transformar nossas vidas, através de rituais que mexem com nosso mundo interno.

Yom Kippur termina e temos uma sensação de satisfação e tristeza, é como final de festa...é uma pena que acabou.
Podemos falar do nível espiritual que atingimos, mas existe algo que nos acompanha desde a infância...os encontros familiares e o encontro com a comunidade. Por isto, tudo tem este ar de festa.
Espiritualmente unidade, ligação, identidade...passando por paciência, tolerância e muito mais.
É um momento único durante todo o ano!
Os encontros e reencontros, a dinâmica de uma comunidade que fica exposta em apenas 1 dia.
E que dia.

Chuva por todos os lados, a água que desce e alaga as ruas, também simboliza os aspectos de purificação e limpeza que existem no Dia do perdão.

É preciso perdoar a D´us e a natureza e mais ainda, é preciso perdoar ao homem que destrói e desequilibra. Um D´us misericordioso que perdoa nossa não escuta para Ele.
Na oração SHEMA ISRAEL encontramos:

Ouve Israel, Adonay(IHVH) é nosso Criador, Adonay (IHVH) é Um.
Bendito seja o nome daquele cujo Glorioso Reino é eterno.
E amarás o Eterno, teu D-us, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu poder. E estarão, permanentemente, no teu coração, estas palavras que hoje te recomendo. E as ensinarás diligentemente a teus filhos e falarás a respeito das mesmas quando estiveres sentado em tua casa e quando estiveres andando pelo teu caminho; quando te deitares e quando te levantares. E as atarás como sinal na tua mão, e serão por frontais entre os teus olhos. E as escreverás nos umbrais da tua casa e nas tuas portas. E acontecerá, se diligentemente ouvirdes os meus mandamentos que vos ordeno hoje - para amar o Eterno, vosso D-us, e serví-lo de todo o vosso coração e de toda a vossa alma - darei a chuva da vossa terra na estação própria, a têmpora e a serôdia; e recolhereis vosso grão, e vosso mosto e vosso azeite...

D´us há de perdoar, por que não escutamos mais Ele.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

CURSO ASTROLOGIA CABALÍSTICA

A astrologia cabalística é um dos mais antigos estudos de nosso cosmos e sua influencia em nossas vidas.
Nelas D´us é e está acima de tudo, cria cada elemento do universo e coloca cada um em uma posição adequada para que cada coisa nesta vida cumpra seu propósito.
Constelações e planetas foram criados com um DNA cósmico, na qual nos conectamos para filtrar as energias mais adversas do universo e funcionar com este propósito maior.
Adentrar esta astrologia é saber por onde se caminha a cada dia, semana e mês….
INÍCIO: 30 de SETEMBRO – QUARTAS feiras
Às 19h30
VALORES: R$ 160,00/mês
____________________________________________
PROGRAMA:
1° mês
–  Introdução
D´us é o Criador
Abraão como 1° astrólogo – Sefer Yetzirah
DNA cósmico
Símbolos da Astrologia
2° mês – 3° mês
Símbolos e letras
A energia dos Meses – Signos e a função de cada um
12 Tribos e suas Vibrações
4° mês
Planetas, letras, anjos e sefirot
Meditações cabalísticas

terça-feira, 15 de setembro de 2015





PERDÃO

UMA PERDA ENORME.....



Existem diferentes formas de pedirmos perdão.
Existem diferentes formas de entendermos o perdão.
Existem perdões que gritam,
Perdões silenciosos.
Perdões que se perdem no meio do caminho,
Perdões que se ganham no meio do caminho.
Perdão que nunca é perdão.
Perdão que não perde nada!!
Perdão que não abre a mão de nada!!
Perdão que se agarra, perdão com garra...

Há perdões e há perdões.
Perdões que apertam nosso coração, mas que nunca saem de nossas bocas,..
Apertos no coração que exprimem nossos paredões para os perdões.

Perdão é a aprendizagem de perder algo, abrir mão de algo...

Mas adoramos nos agarrar nas coisas que nos machucam,
É preciso perder, deixar ir, sacrificar as velhas vaidades para começar de novo.

No perdão morremos, para renascer, mais leves, mais almas.

O perdão é o verdadeiro amor, a verdadeira entrega e humildade.
É a nossa capacidade de transformar a maldição em bendição.

Aprenda a perdoar a si mesmo(a), a perdoar a vida, a D´us...para perdoar o próximo, talvez o mais próximo.....

domingo, 13 de setembro de 2015

O Figado Ferido




Quando estamos densos demais, fechados e pesados, cristalizamos nossa energia, criamos a raiva e o ódio, emoções primitivas aparecem, fechamos nosso coração para transformação, entrega, ou simplesmente, fechamos o coração para não deixar as lágrimas de tristeza brotarem.

 E é o fígado que desintoxica o corpo, as emoções , os pensamentos. Quando guardamos tudo, nosso Figado acumula toxinas que buscam caminhos de expressão – a doença física, a doença emocional ou mental. A pele, a fala, a expressão mostra nossa intoxicação, nossa raiva, nosso ódio gratuito.
 Os venenos chegam em nossa cabeça, criam fantasias e pensamentos negativos. A agressão existe quando estamos longe de nós mesmas. E o mais interessante, é que, como a raiva nos cega, quanto mais sentimos raiva e ódio, mais ficamos cegos para a verdade.

É no fígado que encontramos a fonte da ação, da agressividade, o principio de nossas conquistas.

É impressionante saber que as células hepáticas são as células com mais mitocôndrias, e são as mitocôndrias responsáveis pela energia espiritual, pela mediunidade!!!!!

Podemos cuidar de nosso fígado através da idéia de cultivar o ORAR = ARAR, o bom humor, a alimentação desintoxicaste e o desenvolvimento de uma inteligência afetiva, assim como a expressão das emoções. O bom funcionamento do fígado garante a compreensão e o perdão.

Para os cabalistas o FÍGADO - CAVED - também significa Peso e Glória (Kavod)....Nele está o segredo da encarnação e manifestação, assim como, a morada do Demônio......

É preciso cuidar dos alimentos, das bebidas... daquilo que ingerimos/comemos... absorvemos para dentro... idéias, imagens, sons, palavras e alimentos......

Você é o que você ingere.

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Por que Comemoramos o Ano Novo no 7° mes????


O primeiro mês é conhecido como Nissan, mês que relembramos a saida do povo do Egito (pessach/pascoa), em Nissan nos libertamos de nosso Egito, parte de nossa alma experimenta o mesmo gozo da saida do Egito, consegue se desamarrar de escravaturas "quase"eternas. É como um nascer, sair do útero, do carregar pedra para os outros e começar a fazer sua verdadeira função, ser voce mesmo - o caminho para a revelação do individuo.
Mas para isto são necessários 6 meses para reconstruir uma personalidade, um EU forte, que já se desvenciliou das lembranças e apegos do passado (que já largou a saia da mãe). Passamos então pelos 5 signos - áries, touro, gemeoas, cancer e leão, chegamos no 6° signo, virgem para realizar a Teshuva, pois construimos um eu cheio de egos e manias, cheio de si, que agora precisa fazer uma geral, reorganizar e rever cada coisa construida, o que carrega e não carrega dentro de si. Virgem nos convida a entrar num estado virginal, estarmos abertos para o novo, sem os impulsos do ego, do desejo de querer só para si. É preciso abrir espaço para que o Outro, as outras coisas possam vir a se manifestar em sua vida.

A condição humana é de ocupar todos os espaços, seja de forma fisica, emocional ou mental, não abrimos espaço para o Nada, o Vazio.


Bem agora podemos entrar no sétimo mês e buscar um novo estágio de vida - casar com D'us, pois este é o mês que retornamos para D'us. Só seremos completos quando encontrarmos a outra parte que nos falta. Não é por acaso, que o setimo mês é regido pelo signo de Libra! aquele que rege o casamento.


Os 6 meses anteriores foram de preparação para nos ligar em algo, quando chegamos no setimo (7) podemos (devemos) fazer uma renovação total, um contato com 5 partes (5 festas deste mês), que são 5 estágios do desabrochar de cada um (como uma planta).

Rosh Hashana - Ano Novo

Yom Kippur - dia do Perdão

Sucot - festa das Cabanas

Schimini Atsere - União com D´us

Simcha Torá - Alegria da Torá

Estas festas referems-e as 5 vestimentas que a alma deve experiementar para ficar mais evoluida e se desfazer das memorias do erro do Adam, das negatividades ou pão da Vergonha.


7 se refere ao Shabat, 7 e' considerado o numero mais significativo da Cabala. Ele representa o mundo natural, este em que vivemos, na qual neste dia , ou neste numero D'us parou, repousou. A natureza para, pois precisa receber uma nova semente, para fazer um novo ciclo (em uma oitava maior). A parada é um espaço que se abre para que o outro possa se revelar - lembre o sétimo mês é do signo de Libra ( a balança, o casamento, o outro).
7 = 1.

O 7 é a unidade, o casamento da semente com a terra ( quem e'a semente? quem e'a terra?).
Segundo o Zohar o dia em que devemos estabelecer uma ligacao sexual e buscar o gozo é no Shabat (7), a meia noite!!!
É neste mes que buscamos este gozo, através da união mais intima com a Shechinah, a presença Divina na Terra.

É quando temos a oportunidade de nos renovar (começar) fazer um novo caminho, nos separar do "esposo(a)" errado(a) (= Satã) para casarmos com o certo (Luz = Divino).
É no 7 que renovamos a nós mesmos, desfazemos o mal, a fragmentação (por isto o dia de perdão e espiação).
O sétimo mês na astrologia é regido pelo signo de Libra = casamento, relacionamentos. É atraves do contato com o outro que podemos nos descobrir, desfazer a fragmentação, criando um espaço vazio dentro de nós, podemos receber D'us ( o outro (a)) .
Enquanto no primeiro mês (áries) nos dá o impulso, em libra encontramos o equilibrio (balança), onde o outro nos dá os limites e mede o espaço/tempo e movimento.
A Tora não possui fundamento sem este sétimo mês, dia..... sem o outro.
Este casamento, este outro, também corresponde a outra parte que existe em nós... precisamos acima de tudo aprender a casar consigo mesmos....que nada mais do que colocar verdadeiramente D´us em nosso coração.
Libra é Moznaim, tem relação com orelha/ouvido = oznaim, recebemos D´us quando O escutamos... por isto a Torá fala-ns em " ouvir estas palavras..." as palavras de D´us. Interessante que libra é um signo de AR, o ar tambem é o espirito, a alma.
Fomos corpóreos até então, agora inicia a nossa jornada da alma, do plano mais elevado.

LEMBRAMOS: ROSH HASHANA (ANO NOVO) INICIA DIA 13 ÀS 18H10MIN EM PORTO ALEGRE


SHANA TOVÁ!!!!!

FELIZ ANO NOVO!

parte 1 Noé (Noah) nos conta de um mundo espiritual, sem caos, a construção desta possibilidade, ou o que chamamos de passagem do 6 para...