sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A ALMA PEDE PASSAGEM…..OO ABRE ALAS……

Um mundo em crise, enquanto estivermos com o planeta Júpiter retrógrado, muita coisa precisa retomar seu lugar. Júpiter rege desde a esperança até o universo financeiro.

Um olhar cabalistico indica o FIM de um MUNDO! Uma realidade tão ilusória que chega ao fim. O dinheiro gerou consumismo…o dinheiro consumiu a essência.

Essência é alma e a alma pede passagem.

O dinheiro nâo vai sumir, mas o dominio dele num mundo cruel onde a energia negativa vigora…e quando na cabala falamos em energia negativa, falamos em desejo de querer para si… a necessidade que temos de preencher um espaço ( que é valido! E necessario) , mas que é preenchida com tudo que destroi, separa, mata… todo o universo financeiro, foi construido pela energia da serpente. Do desejo de querer para si e do preenchimento do que é finito..nunca satisfaz.

A alma pede passagem! Mas o que grita ainda é uma criança faminta! A serpente é esta criança.

Para a cabala o que traz a tona a realidade negativa é o que vamos chamar de um falso casamento – a vasilha se liga em uma falsa luz (bezerro de ouro), Eva se relaciona com a serpente…o fruto da árvore do bem e do mal, contaminou nossa consciência e dai nasceu este estado infantil, do tipo “ me dá…me dá”, “ quero mais e quero mais”, não interessa o quanto já temos, o quanto não aproveitamos e desfrutamos do que temos, estamos sempre na falta. Não existe o compartilhar, criar, fazer para fora, para o outro…,só o receber. Quem domina a consciência é a falta!

O mundo criou monstros, pais criaram monstrinhos….. damos o tempo todo, tudo que pediam, e nós queremos receber o tempo todo….e não temos nada para oferecer.. para onde vamos assim?

Há um fim de Mundo acontecendo... o fim vai acontecer...mas temos o livre arbítrio para escolher.

Ao constinuarmos com nosso desejo de receber e só receber vamos consumir cada parte deste mundo que irá se destruir por si só. Ao nos transformarmos e criarmos uma consciência desperta, adulta…. Onde compartilhar para o desejo de querer receber para si, quem comanada não é mais a falta, mas a tua parte que troca, faz, realiza – alma! Entao também vamos dar um FIM AO MUNDO, o mundo da destruição!

O mundo vai acabar…mas vamos escolher que mundo vai acabar…...

Mudanças ,...cada um de nós está vivendo.... a sua, resistências e resistências,.....

mas a alma pede passagem... e sem volta......

domingo, 16 de outubro de 2011

Nosso Ciclo do mes de Tishrei esta chegando ao final.

Um mês intenso para que possamos ganhar consciência da necessidade que temos de abrir espaço para a Luz, que é uma estrutura nova, em nossas vidas.
Uma nova forma de atuar.

As estruturas antigas que sempre foram dominadas pela energia do desejo de querer para si, estão caindo, as energias de desvio estão perdendo espaço e abrindo para energia de unidade.
Toda separação irá tomar o seu rumo!
Viva esta momento.......

Dias de Alegria..... Simchá Torá

8° dia - Mude Tudo!!...quinta feira!!!!!

8 é a ligação maior, corresponde ao numero do SOBRE NATURAL - aquele que está acima do mundo fisico, comum, natural.
É quando atingimos um nivel mais profundo em nós. "Pegamos os cromossomas", chegamos em D´us, e reestabelecemos nossa ligação com ele. Pois neste dia inicia SIMCHÁ TORÁ.
COSTUMES DESTE 8° DIA DE SUCOT:

Em Shemini Atsêret lemos uma famosa porção na Torá, que inicia com as palavras Asser Teassêr, que significa: "Certamente darás o dízimo." - Atraves deste Dizimo reestabelecemos a ligação com a LUZ - é o compartilhar.
A razão pela qual esta porção é lida em Shemini Atsêret fica clara se lembrarmos que Sucot é a Festa da Colheita e Shemini Atsêret é o oitavo dia de Sucot (embora na verdade seja uma festa em separado). Em outras palavras, esta é a época quando toda a produção da terra já foi colhida. Era a ocasião de doar aquilo que era devido aos sacerdotes e levitas, bem como às pessoas sem terra e aos necessitados.
Nossos Sábios vêem nas palavras Asser Teassêr a indicação de uma promessa de riqueza àquele que observar fielmente a lei de maasser. Pois as palavras hebraicas asser, dar a décima parte, e osher, riqueza, são derivadas da mesma raiz. Por isso o ditado tornou-se famoso: "Asser, bishvil shetis'asher", que significa: "Doe a décima parte e se tornará rico".

Le-se neste dia:
"Bendito seja D'us, que concedeu o descanso a Seu Povo Israel, conforme Sua promessa; não falhou uma palavra de toda Sua promessa, que Ele prometeu pela mão de Moshê, Moisés, Seu servo. Que D'us, nosso D'us, esteja conosco como estava com nossos pais; que Ele não nos deixe, não nos abandone; que leve nossos corações até Ele, que caminhemos em todos Seus caminhos, que guardemos todos Seus mandamentos, e Seus estatutos, e Seu julgamento, que Ele ordenou a nossos pais.
"Que essas minhas palavras, com as quais supliquei perante D'us, seja perto de D'us, nosso D'us, dia e noite; que Ele mantenha Sua causa de Seu servo e a causa de Seu povo de Israel para sempre; que todo o povo da terra saiba que D'us é D'us, e que não há nenhum outro.

"Faça seu coração perfeito com D'us, nosso D'us, para caminhar em Seus estatutos, e para guardar Seus mandamentos como fazemos hoje."
Podemos imaginar como foi grande a alegria e a inspiração naquele memorável Sucot, quando o recém construído Bet Hamicdash foi inaugurado.
Ouvimos na Haftará que "No oitavo dia ele (Rei Salomão) dispensou o povo, e eles abençoaram o rei e foram para suas tendas cheios de júbilo no coração, por toda bondade que HaShem (D' us) que tinha feito para David....e seu povo.



CHEGOU A HORA DA TORÁ!!


UM NOVO CICLO VAI COMEÇAR

Faça parte da ESCOLA DE KABBALAH E PARTICIPE DE NOSSAS COMEMORAÇÕES...
A Torá é a base e fundamento de nosso trabalho espiritual, sua magia é contatada a cada leitura, que sem julgamento absorve sua luz. Através dela construímos o pilar da COLUNA DO MEIO em nossas vidas.

A Torá nunca termina porque precisamos do poder da continuidade.

Quando chegamos no fim de sua leitura, logo, logo reiniciamos no GENESIS (Bereshit), pois como a vida ...existe uma continuidade, mas a leitura muda, o olhar muda, a compreensão muda.
A cada ano uma transformação a mais, uma limpeza a mais das coisas que aos poucos vão saindo. O Zohar diz: Nada muda radicalmente em nossas vidas!!!

O dia 30 a noite e dia 1 de outubro são dias de forte energia no ar, é muita energia positiva que nos ajuda a criar um novo ciclo em nossas vidas. Simchat Torá é a Felicidade da Tora.
Você sabe a Tora possui letras de luz, com isto ela tem uma aura de energia muiiitoo grande e neste dia podemos captar esta energia.

O que significa “alegria da Torá”? Podemos receber no universo o poder da alegria e da felicidade. FELICIDADE É ENERGIA!!!!

“Em momentos de caos, você sente medo, raiva, inveja ou outras coisas. Mas outras vezes, você sente felicidade. Mas o Zohar diz que mesmo que você tenha caos em sua vida, você deve ficar feliz”Berg.
Simchá tora é um Ritual que nos ajuda a retirar a INFELICIDADE de nossas vidas...COMO? ligando-se na FELICIDADE.

SEJA FELIZ!!

“Em Simchat Torá, o Zohar promete que se você ficar feliz, você pode eliminar o caos da sua vida por um ano. Por isso é também chamado Shemini Atzéret – parar no oitavo dia [de Sucot]. Você está acabando com o caos e iniciando um novo filme em sua vida, onde as dificuldades não podem entrar.”
A questão é se dar conta que existe algo dentro de nós que parece não nos deixar nos conectar com a FELICIDADE.
Neste dia você capta esta energia que fica ali, ligada a você para o resto do ano, e quando você sentir a necessidade poderá ir ali, na ligação. É como criar uma memória de alegria entre você e o universo.

O que fazer? Ande em círculos, dance, cante, alegre-se.

Para a Cabala existem 2 formas como a luz aparece:
Luz Interna e Luz Circundante (ou luz envolvente). Nesse dia, trazemos as duas.

1) Luz Interna é energia que você tem dentro de você. Com relação ao seu corpo, pense nele como uma linha reta percorrendo você da cabeça aos pés, de cima até em baixo. A Luz Interna nutre o corpo – ela nos mantém vivos e em movimento. É o que nos faz levantar de manhã. Mas ela não nos protege, não nos fornece milagres ou nos impulsiona na vida. São nossas boas intenções e desejos, mas não a ação – ela não faz nada acontecer na realidade.


2) Luz Circundante é a que o envolve. Imagine essa luz como uma bolha ou círculo que o envolve. Trata-se de um perímetro de cerca de dois metros que se estende de todos os pontos do seu corpo. É um campo de energia que o protege. Você pode vê-lo em alta definição em fotografias que mostram auras, e algumas pessoas até podem até vê-la. Se você colocar sua mão perto de alguém, você pode senti-la. Quanto mais espiritual você for, tanto mais longe você pode ficar e ainda senti-la, mas à medida que você se aproximar, ela se torna mais física, de forma que você pode senti-la melhor. É um campo de energia.

Existem algumas pessoas que tem muita luz circundante – são pessoas de quem adoramos ficar perto. Pode também ocorrer que uma pessoa possua uma energia tão negativa que ela pode contaminar um prédio inteiro – mesmo que não diga ou faça nada.

Quando você não possui Luz Circundante, você tem que viver somente com a Luz Interna. Isso cria uma abertura para problemas, e quando eles vêm, você não tem energia suficiente para superá-los. Há alguns sinais que indicam haver menos Luz Circundante. Essas pessoas geralmente sentem mais pressão e podem tender a vícios. É tudo parte do seu processo de correção.

Luz Interna mantém uma pessoa viva, mas não lhe ajuda a mudar ou superar nada. Significa somente 10% da nossa energia, enquanto a Luz Circundante significa 90%.

A essência de Simchat Torá é conectar-se ao seu próprio círculo de energia – seus próprios 2 metros de Luz Circundante para criar Luz Interna. Você pode procurar e acessar seu campo de energia circular e trazê-lo todo para proporcionar-lhe controle de milagres e maravilhas! E você o faz através do ato físico de andar em círculos.

Em Simchat Torá, você pode aumentar ainda mais sua luz circundante.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A flor desperta....



Pessoas florescem com o tempo do calendário, quando indica um
novo tempo. Um tempo de primavera, um tempo de vida e fertilidade.

Assim, a semente desperta, acorda, mas é preciso seguir, sem parar, respirar, mas seguir seu crescimento, mesmo que em momentos de silêncio.

Ufa, há movimento em tudo, mas...o segredo para despertar a florescência é saber usar o tempero certo.

Sem reações que vem da raiva, do egoísmo, da vitimização, mas o pensar alto da consciência é o melhor caminho.

O caminho entre o casamento da Lua com o sol, que criam um universo de limpeza.
E a bruxa que voa na luz da lua, em sua vassoura, vai até lá para limpar a casa.
Como é bom fazer a coisa certa,mas nunca sabemos o que é a coisa certa, e a coisa certa para nosso egoísmo vai se parecer com o absurdo.

A palavra mal-dita mata, mas a palavra bem-dita vivifica. Acorda, desperta o fogo aquietada que está em nosso peito, em teu peito.

Hoje entendi um lótus se abrindo e dele saindo a tua luz, mas uma luz tão tua, que era a tua vontade de realização.

Há momentos em que as flores se abrem para serem fecundadas e há momentos em que elas se abrem para fecundar.

A semente hiberna, quieta, cala seus desejos, cala sua luz.

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...