sexta-feira, 29 de abril de 2011

uma viagem no CORPO...9° retiro de kabbalah



Espiritualidade está associada a alma, espírito, ao bom e ao bem....e normalmente o contrário tem uma relação com o corpo, com a vida física!
Não nos damos conta que nossa alma depende do corpo, para a realização de sua missão, as sensações de prazer e felicidade estão ligadas ao corpo, o fazer deste mundo (olam assiah) são realizados pelo corpo.

Consciência corpórea é a consciência do que se é, onde se está e de quem se é. Nosso corpo é resultado do que somos.

Não há duvidas que vivemos em uma sociedade cheia de contrariedades... o mal está no corpo, mas buscamos a forma perfeita do corpo, temos tantos traumas a respeito de nossas formas, tanta falta de auto aceitação, ficamos grande parte de nosso tempo jogando nosso corpo para lá e para cá, de clinicas de estética para a ginástica...fora as dietas!! No fundo, no fundo maltratamos nosso corpo.
Ainda não aprendemos a ouvi-lo, ele pede tempo, ele pede atenção, cuidados....
Mas sem consciência de nada adiante levantar tanto peso! Caminhar ou correr kilometros, ou comer a sua folha de alface.

O corpo também sofre com aquele pedaço a mais do bolo, a gordura d a carne, os excessos que cometemos a cada dia. Nossos vícios aparecem em nossa pele, nossos medos também.

Pois é o corpo é tudo, é nossa fala, nossa expressão!
Por isto....o corpo é teu maior TEMPLO!!

Foi pensando assim e fazendo as pazes com o corpo e a vida corpórea que resolvi fazer o 9° Retiro de kabbalah sob o tema do CORPO.

CORPO e ALMA. A Divina Natureza.

A divina Natureza nos remete a consciência de que quem criou o corpo foi D´us! E de que ele faz parte da natureza. Estaremos em um lugar para nos conectar ao corpo, cuidá-lo, sem esquecer da alma, da consciência...mas em contato com o verde, a natureza, propriamente dita!.. Um lugar que me passou a sensação de voltar ... voltar para a mata, voltar para si mesmos, para a origem.
A Divina Natureza é feminina, é mãe, é útero, é o que chamamos de SHECHINÁ.

E o corpo é formado neste grande útero, necessita de nutrição, abraço, carinho, educação.

Venha estimular e acordar esta consciência e equilíbrio. A verdadeira natureza do TEU CORPO.

CUIDAR DO CORPO NÃO É PECADO!! É UMA BENÇÃO.



Quer saber mais sobre o retiro?


então acesse aqui...e descubra tudo!!!

terça-feira, 26 de abril de 2011

a DaNçA .... ...


Kabbalah é uma dança poética de letras e palavras, pensamentos que ganham mil sentidos e significados, sonhos que se tornam reais..interpretados e reinterpretados. Vidas cheias de histórias e emoções. Pensamentos sem fim, que nos conduzem por veredas estreitas e finitas. Ahhh e o nosso medo de tudo isto, a vida cheia de surpresa, nos prepara para morte diariamente, ai que medo! Não sei morrer....

E muitas mortes sobreviverão no caminho de minha vida.

Muita morte baterá em minha porta....queira D’us ter sabedoria e tranqüilidade para me deixar levada por ela, que me abre para uma nova vida.

Queira eu ter desprendimento para tamanha mudança.



Deixar o passado, deixar a tradição, o comum, familiar e começar de um outro patamar, uma outra cultura...quem sabe.

A cada texto de minha vida e uma nova interpretação me sinto livre, liberta, minha mente dança, cria, é dona de seu destino, conforme ela interpreta. Não deixa na mão dos outros, mas faz seu caminho, seu livro. E livro tem a ver com a palavra livre!! E livre é o povo que se expressa, diz a palavra PESSACH – PE = boca , SACH = expressão.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Então...pois é.... a vida anda corrida. A mesma todo dia! Ligamos o automático e deixamos ir....não há tempo... Não não há...mas tudo bem... O pior do tempo é desperdiçá-lo com o automático, mas ganha-se tempo na criação, na conjunção, no verbo aplicado a cada coisa. É preciso tocar um musica, cantar..por que não..mudar o tom, mudar a tecla...dai não há tempo desperdiçado. O tempo corre, o tempo urge....mas o tempo do trabalho, da colheita do maná é pequeno, mas transformamos ele o tempo todo, o nosso tempo todo. Há que fazer outras coisas com a vida, senão a vida faz com a gente. Este é o caminho do mês de Nissan, um tomar as rédeas da tua vida e guia-la. Libertação só vem quando encontramos esta qualidade...donos, lideres....de si mesmo (já é uma grande coisa). Daí podemos começar a conversar sobre a Lua Cheia, quando nos ligamos nas energias da LIBERTAÇÃO DO EGITO.... Daí em diante vamos falar d emagia pura, pois existem muitas amarras internas, desconhecidas que precisam serem retiradas destas prisões, padrões e etc.... e só o SEDER DE PESSACH. Seu ritual nos conecta com elementos de libertação em diferentes niveis de realidade, nas raizes espirituais.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

sábado, 2 de abril de 2011

Mergulhe!! Imersões Cabalísticas.....




No mergulho busquei o que deixei a anos atrás, no fundo do mar, entre os corais, existia uma experiência, um gosto deixado para trás. Na memória de um passado, o silêncio e a solitude.
O mar, os peixes, o sol, os corais, a imensidão da vida. O abraços que as águas trazem. O útero divina, a Shechináh mãe, que molha meu corpo, nutre minha pele.
No mergulho reencontro comigo mesma, reencontro com o temor, reencontro com D´us.
E a Imersão foi como uma oração, esgotar o corpo, respirar sem controle, afogar-se em sentimentos...libertar-se para acordar Netuno.
Mergulhar é entrar nas dimensões do inconsciente, nas profundezas de mim mesma. Buscar os conteúdos, renascer, recriar.

Por isto...mergulhe...faça a sua imersão....encontro no fundo do mar a beleza e a paz, jamais vista. E o mar é a dimensão espiritual, reflete o céu, reflete a Torá de cima.
Mergulhe, pois mergulhar é mergulhar no mar de Torá!

JERUSALÉM....nunca mais quero te esquecer.....





Jerusalém...Yerushalaim...é o lugar, o verdadeiro MAKOM. O lugar sagrado, o ponto central, o coração de tudo, LEV, em hebraico (32, e 32 são os caminhos da sabedoria), Do coração partes as veias e artérias que alimentam tudo em sua volta.
Jerusalém, tem espaço para todos, todos os tipos, todas as energias...que tornam-se uma só. Enquanto tu és Espaço, o Shabat é o Tempo...
E o coração é Tifereth, o aspecto emocional Divino da beleza, beleza que é a chave da unidade, do trono que o Rei Salomão sente e comanda, domina seus impulsos...direita e esquerda, dar e receber...expandir e contrair....
Yerushalaim, é Yud, resh, heh ( o lançar, atirar, o instruir,; é Yud, resh, Vav, Mem (Yarum), o ser exaltado; é Yerush..Yud, resh, shin – a herança, o tomar posse, a propriedade.....
Jerusalém que nem sempre é Jerusalém, mas que fica no estado da confusão, no comércio do dia dia...que está muito aquém das visões dos profetas. Há uma Jerusalém celeste que devemos olhar acima, que corrige nossos olhos, de nossas ilusões, Yerushalaim shel mala.
Jerusalém que mata nossa fome, a fome da alma, que retorna a D´us, que vê e constrói escadas, a porta para o céu.
Jerusalém tu és alma, mas teu corpo, tua terra grita. A dualidade mora ali, por que mora aqui.

Quando D´us criou o mundo, lançou uma pedra (Shetia) preciosa de seu Trono. E envolta desta pedra criou-se as 3 fases, 3 círculos de diferentes energias distintas da criação... E estes 3 materiais correspondem ao templo Sagrado de Jerusalém. Diz o Zohar..o 1° circulo ao redor do ponto Supremo é o templo e a Cidade de Jerusalém, o 2°é a Terra Santa e o 3° é o restante do mundo.
E a Jerusalém que vivi aqui em baixo está abençoada pela Jerusalém de cima.

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...