Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

TU BISHVAT - ano novo das Árvores

Imagem
Em nosso calendário cósmico, cada acontecimento são chaves
importantes, que abrem portais internos para que algo novo possa vir a acontecer. Todos os anos passamos por um dia em que concentramos nossas atenções às Arvores, à natureza, às plantas e neste dia nascemos com as árvores.

 Na tradição Cabalística encontramos uma base de tempo diferente do calendário  Ocidental (gregoriano). Um calendário marcado por acontecimentos cósmicos e que tem relação com aquilo que foi dado pela palavra Divina, que consta na Tora (Pentateuco). Todas as festividades e festas são marcos do tempo e o olho desnudo  não consegue observar os marcos astrológicos, cosmológicos e psicológicos que surgem. Com isto cada data representa uma oportunidade para fazermos grandes mudanças e transformações internas. O calendário cabalístico é baseado na Lua e no sol. Os meses tem seu inicio com a Lua Nova, e seu auge se dá com a lua Cheia, isto é, o dia 15 de cada mês. No dia 15 de Shvat estaremos comemorando o Ano Novo …
Imagem
“QUEM É UM HEROI? AQUELE QUE CONQUISTA SEU INSTINTO. QUEM É RICO? AQUELE QUE SE CONTENTA COM O QUE TEM. QUEM É SÁBIO? AQUELE QUE APRENDE DE TODAS AS PESSOAS. “




Queremos melhora nossas vidas! Querermos prosperar e nos tornar pessoas melhores.....
Kabbalah é um conhecimento, um estudo que nos leva a UMA BUSCA de perguntas e RESPOSTAS, para conquistar um vida BEM MELHOR!
Kabbalah é o conhecimento da vida... umconhecimnento que revela, o que você, na maior parte das vezes já sabe, mas está escondido... por isto que Kabbalah é REVELAÇÃO.
Podemos escrever Cabala,kabbalah, kabala.... ela é uma palavra Hebraica que deriva da raiz – um verbo LECABEL – RECEBER.
Atraves dela podemos perceber e exoperiementar outras realidades e possibilidades da Vida, experiementamos a Divindade no Mundo. Seu estudo nos leva a dimensão interior da realidade, a sua dimensão interior. Ela traduz o metafísico.
A busca da Kabbalah é a revelação da Verdade e aproximação com a divindade – a energiae inteligência…

Mês de Shvat - 11°

A cada mês, os ciclos da Luz desce de diferentes aspectos divinos, chamados Sefirot, fazendo com que  possamos completar um ciclo de tikun através dos 12 meses, despertando e elevando as centelhas de luz em cada mês. De Chokmah descm os elementos  criativos, a inovação, mudança e revolução. Dele as energias divinas acordam a constelação de Aquário e o planeta Urano-saturno, que derramam em nós uma chuva elétrica de letras, chaves para que possamos abrir as portas da libertação. Aquário nos convida para o viver esta libertação através da luz, que evoca o auto conhecimento e a individuação. Este mês é conhecido por Shvat (shin, bet, teth = 300,2,9), ligado ao signo de Aquário (D'li), que corresponde a vasilha que irá conter a individualidade, as necessidades etéreas da alma. Com as mesmas letras que escrevemos aquário, em hebraico (Dli –Dalet, lamed, Yud) também escrevemos as palavras (ialad) produzir, (ield) parir, (ilud) recem-nascido, o que mostra o quanto neste período D…

PAÍS!!!!! PAROU...PAROU POR QUE!!??

E o País Parou......A aparente estagnação está assustando à todos!! Sim... é aparente, pois esta estagnação está ocorrendo somente no plano físico,  e devido ao fato que nosso olhar está tão fixo nesta realidade, parece que tudo, absolutamente tudo está parado! Para a kabbalah esta realidade é a realidade do 1% e tudo isto que estamos vivendo, também e obra da contra inteligência. Nosso apego à fisicalidade e a construção de uma realidade somente voltada para a matéria é obra da contra inteligência.....
Imagina um mundo que foi criado com uma lente que vira tudo, inverte todos os pólos! E agora a crise é uma mudança de pólo, uma mudança de lente, onde precisaremos ter um novo olhar. _________________________________
Vivemos um momento de forte transformação, para quem quer e quem não quer...e para quem quer mudar a política, economia... deve aprender a mudar-se em primeiro lugar....isto é, tentar romper com o olhar tão envolvido com o externo! Existem alguns conceitos dentro da Kabbalah, ve…
Imagem
Na Escola de Kabbalah aprendemos que existem dois mundos, dois níveis de consciência, a consciência da incerteza e a consciência da certeza. Em qual as pessoas se encontram? Fala-se muito de consciência, mas o aluno, muitas vezes não consegue compreender o que é a consciência, e assim, não consegue abrir a porta da escada e começar a sua subida e transformação de "Consciência".   A consciência é a luz que existem em cada um de nós e que age em nossa mente, é ela que ilumina o cenário que as pessoas vivem. E cada pessoa tem o seu cenário, e dentro do cenário maior há muitos pequenos cenários, e cada cenário se apresenta conforme a luz que lhe é projetada. Aquilo que a pessoa vê, sente, ouve...interage, com os seus 5 sentidos  é o que está na consciência, neste momento.



A consciência do ser humano vê uma realidade, onde, na maioria das vezes está presa somente naquela possibilidade, naquele cenário, e assim, "Escravos fomos do Egito", e o nosso despertar at…

AI QUE RAIVA

Imagem
Existem sentimentos comuns e básicos...estão ali, dentro de nós, na espreita.
Há um Cain em nós, há um Hevel em cada um de nós.
Do Cain deriva nossas raivas, impulsos que sobrevêm da falta, das frustrações diárias.
A cada dia somos obrigados a nos sentir preenchidos, não há permissão para as faltas, as sobras. Não podemos esperar, não há permissão para aguardar, é preciso ser satisfeito imediatamente. Não há saídas, não há criatividade...é aquilo e fim......No final de tudo o que sobreveem é a raiva.....
Impulso que nos toma, posr não sermos satisfeitos....como Cain, é como se D’us não olhasse para nós, não aceitasse a nossa oferenda.
Raiva que se origina no fígado, morada do demônio e da sacralidade, Kaved em hebraico, igual a Kavod – Glória.
Impulso de sobrevivência e defesa, sentimento que aquece, calor e fogo. Que escondemos de nós mesmos.
Raiva que vem da ferida que sangra em nosso peito, por falta de amor, por falta de merecimento.

Raiva que temos de nós mesmas....e quanto mais…

POR QUE CABALA?

A cabala em nossas vidas é algo mágico, traz de volta a magia que esquecemos, pois esquecemos de nos relacionar com o oculto, com a vida interna, com o sentir, perceber. Trazendo de volta a unidade e integração. Cada palavra sua é um código para a felicidade, um código que nos mostra como a vida acontece.
Seus instrumentos: O estudo da Tora, Zohar, sefer Yetzira e Bahir, entre tantos, representam uma porta para que nosso cérebro volte a contatar o símbolo, traga de volta a Essência perdida.
Meditações, orações, mantras, rituais constroem uma vida mais significativa, onde todos somos filhos de D´us, servimos a Ele, Bendito Seja.
Seu estudo nos mostra D´us muito mais próximos de nós, sacraliza a vida diária, não nos faz fugir dela, mas nos convida para uma vida melhor, mais rica e próspera.
A vida “lá” só existe quando construímos a vida aqui neste lugar, neste tempo e espaço.
É preciso esforço, um esforço para lembrar diariamente que diante de ti tu colocas D´us (HaShem), construir rit…