Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

O CRASH MUNDIAL e O FIM DO MUNDO EM 2012

Imagem
A cada dia que abro o jornal e percebo um mundo se auto destruído em seu consumo desvairado, gerando quebras, correrias e corridas, roubos, mortes, sofrimento. Um mundo que vive de suas necessidade de embalagens.
E as embalagens perecem, e lutamos numa tentativa desenfreada de mante-las intactas, bonitas, joviais e eternas. Pagamos qualquer preço, temos uma lata linda, mas por dentro nada, devemos o mundo... e como o mundo vai acabar devemos mais ainda, o que nos interessa é estar HOJE lindos....
Aparências e aparências nos levam a um impulso de compra enlouquecedor, saciar um prazer pelo que não sobrevive, pelo que envelhece e não tem continuidade.
2012 esta chegando e com ele o medo e a descoberta de que nosso mundo está muito doente. E pior não temos médicos e hospitais interessados em nós.
Mas será lá, em 2012 o renascer de uma nova moda e cultura, a cultura do individuo, do ser.
O crash da aparência, de um mundo falido, como Dubai, lindo por fora, mas sem consistência. Caem as torres …
Imagem
Numa surpresa da vida fui colocada numa outra posição, e a vida me obrigou a parar um pouco, agora é possível conhecer um outro Tempo. Entrando no tempo do Shabat e o tempo do Shabat é um espaço diferente da vida comum. Diferente da correria de fim de ano!
Mais calmo, mais concentrado, mais tranqüilo, onde tudo é percebido de uma forma incrível. Muitas vezes me deparo com o quanto tudo se tornou cômico. Vejo de dentro pra fora os absurdos da vida.
Daqui, agora, vejo um mundo numa agitação impressionante, chega me dar medo! Não é rapidez, correria...é CAOS, CAOS DE VERDADE. Um desrespeito gratuito ao próximo, desde o trânsito, aos hospitais e clinicas médicas.
Ninguém é de ninguém, ninguém se importa com o outro, o que desejam é safar o seu, ganhar seu dinheirinho e ir embora. Não existe o outro, a dor do outro, que parece ser estranho.
Durante este tempo leio alguns livros, leio artigos, sigo a caminhada espiritual, com tempo, posso aprender ao Maximo, encho o tanque, para “despejar” em b…
Imagem
A vida é um eterno movimento, nos damos conta que somos personagens de parte deste grande texto, da peça Divina, condutores de uma luz e inspiração interna, que bsuca encontrar um lugar nesta vida para manifestar-se.
E a vida é uma viagem de surpresas agradáveis para quem está abertoi e confiante no transcendente, mas uma caixinha fechada para quem quer manter a viagem sob controle. Estes deixam de viver e aproveitar cada gosta de orvalho que aparece, deixam de enrriquecer.
Quando nos permitimos, a estrada deixa de ser reta e ter surpresas, nos oferecendo novos caminhos, nos deparamos com curvas, encruzilhadas, esquinas...
Conta a espiritualidade cabalística que ao lado da cruz, que é o símbolo da oportunidade de ascensão, estão as possibilidades de desvio, de um caminho que a cruz nos convida – como uma encruzilhada, o Yoshua que existe em nós é a parte “ponte” que nos ajuda a atravessar este momento, um SHIN, no meio da misericórdia de D’us (IHVH). No meio do caminho da parada, da roti…
Imagem
Uma viagem começa agora, a minha viagem.
Uma viagem de poucos passos, onde mais a alma anda e voa do que o corpo.

Nunca pensei que resolver romper a barreira que existia para crescer fosse me deparar com uma parede, que me travou e jogou no chão.
A dificuldade de movimento e de avançar trousse a tona memórias de um corpo e de uma vida. Rigor que não flui, pois é contração que encontramos em cada um de nós.

Esbarrei na parece, escorreguei no auge de um trabalho espiritual e fui ao chão.
Um corpo derrubado e o inicio de uma caminhada.

Um caminho sem estrada, um caminho sem caminho.

Orgulho desfeito, entrego-me a fraqueza, a tontura, ao não controle do corpo e da vida.
Um futuro construído a cada segundo.
Um esqueleto embaralhado na propria vida!

Minha cabeça? mil perguntas, sem respostas.
Minha cabeça sem Nada, num colorido de uma tomografia,
nem letras sagradas aparecem ao olho nu.

Aos inimigos o gozo.
Nunca pensei que ficaria feliz em saber que eles estão felizes.

Aos amigos a oração!


É precis…
Imagem
O Zohar revela que nossa saúde depende do bom uso da água. Recomenda banhos diários visando reequilibrar e harmonizar os corpos através de banhos.
Através do banho contatamos o poder de duas letras hebraicas, a letra MEM e YUD.
Mem tem a energia da transformação, limpeza, um renascer, o útero, que é banhado pela semente Yud – a mão de D´us.
Os Banhos pela manhã são os mais recomendados, assim como a noite.
Assim como a imersão dos pés ou tomar água nos coloca nestas energias.
Podemos buscar códigos, mantras para ajudar no contato com a água e a luz, que a água traz.

Quando nos banhamos nas águas nos sentimos leves, como que desamarrássemos as cordas e as energias que estão ligadas a nós.
Mas estas águas não aparecem só na fisicalidade, são águas que vem no emocional, águas espirituais que nos banham e chegam na raiz de tudo.
Um mergulho na Espiritualidade é como um banho (Mikvê), um batismo para imergir em águas abundantes e divinas.

Mergulhar é imergir.

Imergir é aprofundar-se, é entrar p…

APAGÃO GERAL

Imagem
*foto clicrbs

Nada é por acaso na espiritualidade, tudo tem uma origem nos planos mais altos, bem ou mal, simplesmente existem forças que atuam sob nossas cabeças.
Que mal estar ontem a noite, um cansaço sem fim, a luz piscava...era um sinal, está na hora de dormir e dormir bem mais cedo que o normal.
Orar, meditar e tchau...
Um noite cheia de barulhos, uma manha agitada!
E os planos ocultos estão agitados.
Um apagão permite que entre mais luz, ou simplesmente o apagão é pela intensa quantidade de luz que entra e a nossa incapacidade de permitir que a luz entre, desejamos a luz, mas não temos os meios para faze-la entrar, a luz volta – é rechaçada, pois encontra uma barreira.
Stas barreiras são chamadas de Klipot, cascas, conchas, são como aparelhos espirituais, hordas de seres e energias negativas que impedem que luz chegue.
A negatividade então se instala em nosso mundo.

O que precisamos aprender é a não desejar tanto....e o pior, arre sem começou o “stress” de fim de ano. Isto é, o desejo …
Imagem
KABBALAH DE SVAROWSKi
Um TANGO PARA ALMA






As almas que no dia dia cruzam o meu caminho,
Tão presas,
Tão tristes.
Pulsam num corpo,
Gritam!
Presas em famílias,
Presas em maridos,
Presas em esposas,
Presas em mães de maio, junho, julho...
Presas em pais,
Que já não estão mais ali
Neste mundo ou no outro.

Histórias e vivências de um passado.
Formam como que uma árvore contrária.
Almas que tem seus pés presos, atados na raiz desta árvore.

Vó Sofia estava até então ali.
Como que puxando para baixo,
Ou simplesmente pedindo ajuda.

Do julgamento que estes e cada um que passa sentem ao isolamento de si mesmos.
Ahh almas que gritam!!
Vivem num impulso, mas querem e desejam outro caminho. Quando vêem repetem sempre o mesmo movimento.
Sufocam a sua luz, quando vêem morrem numa vida cheia de mediocridades.
Libertar-se é ver que existe outra árvore em cima de sua cabeça,
Mas há quem não consiga erguer a cabeça e
Olhar para cima.


“Liberta minha alma, por favor!!” Gritam em silêncio

Para aqueles que levantam suas cabeças os céus…

Meu Professor, meu mestre... meu Herói...por que me abandonas??

Imagem
Um dia ergui uma estatueta, adornei ele(a) com ouro, amaciei suas palavras, abri meus braços para abraçar pois queria teu olhar e ser aceito.
Minha alma grita por amor! Minha alma grita por um olhar!!
Minha mão grita por uma outra mão que me guiará, um olhar que me aceita, acolhe.
Cria um caminho seguro, apontando para onde ir ou não ir.
Caminho que não tive de meu pai ou de minha mãe!!

Grande ou pequeno mestre seja quem fores, estas nos meus sonhos mais infantis de um Herói, de um Moises, de um Messias, salvador de mim, exclusivamente de mim, pois só eu existo!!
Meu Professor, meu Mestre, meu pai...melhor do que D´us, olho para ti e não para D´us.
Pois D´us!!! D´us não aceita a oferenda de todos, D´us não aceita os defeitos dos animais para oferenda, D´us não aceita o imperfeito, que não entra nas partes mais elevadas do templo! D´us não aceita o impuro!...D´us não aceita???
D´us não é visto! É preciso esforço para senti-lo! Mas os professores são vistos!! São vivos. Acolhem a tudo...a luz e…
Imagem
Quantos de nós está realmente envolvido com um caminho espiritual? Ou quantos de nós buscam um caminho apenas para encontrar fórmulas mágicas para ser feliz!!?
O caminho envolve desprendimento e entrega, o que é chamado de auto sacrifício, mesmo na busca da felicidade – pois voltar para a unidade requer contatar a vida “impura” e sair dela – é preciso escuridão para ir para a luz.
Muito de nós não compreende a caminhada, que cheia de buracos nos leva a desejar a luz com a voz do coração. Muitos apenas querem ler e ter conhecimento, mas não se entregam, não entendem as dificuldades e desafios que aparecem no caminho, como forma de transformação,..a sua transformação.
Nesta sexta feira o capitulo da Tora – Vayerá , ou Apareceu, nos traz um caminho de desafios para nos corrigir.
A vida nos traz as situações em que devemos prestar atenção como estamos reagindo a ela, pensamentos, sensações, nossa fala e ação. Daí nos daremos conta que nossa fração infantil estará ali, irritados, sofridos, que…