Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

6° mês Lunar

VAMOS MUDAR NOSSO DESTINO!










Neste mês nos conectamos com uma energia especial, que é a preparação para o novo ciclo, que vem com o 7° mês.



Elul é o mês do despertar através do arrependimento.



É um período que sob a energia de virgem nos depuramos, arrumamos a casa, colocamos fora o que não necessitamos mais, começamos a entrar mais para dentro de si, isto se chama Teshuva.



Devemos lembrar que nossas ações são um canal para a manifestação da negatividade.



A purificação nos prepara para chegarmos mais próximos de D'us, da unificação, equilíbrio das forças e energias, e assim, nos prepara para o sétimo mês, período de grades transformações. Tudo isto, são oportunidades que temos, mas só o livre arbítrio é que decide qual caminho seguir.















Nesta época do ano, começamos a tocar o shofar a cada manhã a fim de nos despertar para a chegada de Rosh Hashaná, Yom Kipur e Sucot.















O Senhor é minha luz e salvação;



A quem eu temerei? O Senhor é a fonte da força da minha vida;De quem terei medo?&qu…

PARE DE JULGAR

Imagem
Para a Kabbalah Julgar é um ato de contração, possui uma energia destina ao rigor, trazida da coluna da esquerda, vinda de Guevurah.


Existe na Kabbalah uma estrutura invisível, conhecida como Arvore da Vida, esta é um fluxograma das energias divinas de criação. Nela temos o modelo energético espiritual, mental, emocional e físico da estrutura de tudo que existe visível e invisível. Dentro desta estrutura temos as colunas e as vasilhas que recebem o fluxo Divino, as sefirot. A coluna da esquerda representa a corporificação de tudo, o rigor, contração, a carga de energia negativa, a atração, o feminino, e nela encontramos a sefirá Guevura (Força).

Guevura é a força que necessitamos para a batalha, para dar limites, para dizer não a nós e aos outros, também é a energia que recai sobre nós. É o julgamento, tão necessário que devemos aprender a fazer, para separar o joio do trigo, mas quando vivida com desequilíbrio gera muito rigor, contração, negatividade e julgamento.

Mas quem não julga? T…