domingo, 2 de novembro de 2014

A Fita Vermelha





Fita Vermelha - Red String


É engraçado como temos a necessidade de coisas do tipo amuleto, como necessitamos ver, tocar, ter algo físico que nos liga a D´us, e mais ainda aquilo que carrega a energia de proteção...ainda mais..contra o Olho Grande! bahh nem se fala então...


Para muitas linhas cabalísticas e judaicas a fita vermelha, assim como qualquer amuleto é pura bobagem. A verdade é que quanto mais elevado você está menos estas coisas tem efeito, menos você precisa, pois esta menos inserido no mundo físico, logo, recebe menos os seus efeitos.


Mas quando estamos mergulhados nesta fisicalidade, bem.. as vezes deveríamos nos vestir de amuletos...mas só se fossemos como uma pedra, sem alma! ( e quem disse que pedras não tem alma?).


Voce tem alma?


Bem então só amuleto não serve, tens que estudar, orar e meditar, adquirir novos valores, novas atitudes.

Conheci a fita vermelha a mais de 15 anos, e a fita era toda preparada junto com um rabino, eram feitas bênçãos especiais e aquele que recebia a fita deveria estar em meditação. Na época a fita era de fio vegetal, e não animal, não era lã! Hoje é lã, por que é bem mais forte, por ser animal trabalha mais com a energia semelhante - animal.

A função da fita é proteger contra o olho grande, mas não só o das pessoas da nossa volta, mas fazer com que não tenhamos Olho Grande dos outros, que não despertamos a inveja no outro. É muito fácil a gente falar do mal dos outros!!!

Mas a fita tem uma função muito importante ela nos lembra da energia de Guevura (Força), por isto esta no braço esquerdo e é vermelha, para lembrar do Rigor, da restrição e auto disciplina que temos que ter.

Ela ajuda a parar o nosso mal instinto.

A Fita nos lembra o que somos e a quem servimos.

Por isto tem todo um ritual que envolve a sua colocação.


Proteções Cabalísticas



Falar em proteção na cabala atissa todo mundo...

Todo mundo quer proteção.


Todo mundo se vê vitima de alguma coisa neste mundo.

Mas para a Kabbalah não somos vitimas, mas criadores de situações.

As situações podem ser karmicas, devido a lei de causa e efeito, onde sempre temos oportunidade de transformação através da lei do tempo e espaço.

As situações podem ser provocadas pela conexão com energias negativas, baixas vibrações, desvios pecados), ou simplesmente por estarmos no movimento da luz, a contra inteligência aparece.

Julgamentos ou forças contrarias, independente acabamos abrindo as portas para que o mal se instale e crença.

Deveríamos, então buscar proteção contra nós mesmos, nossa atitude impensada, reativa, robótica.

Nossa inconsciência é nosso maior inimigo e depois o nosso orgulho e estreiteza! Que nos leva a sermos donos da verdade, manter os véus em nossos olhos para não encarar a verdade. O desejo da ilusão é muito forte em nós, pois isto nos paralisa e mantêm o desejo de que tudo venha de fora, e nada seja conquistado feito por nós mesmos.
Quando fazemos movimentos também provocamos forças e energias que estão na paralisação.

Enfim, necessitamos estarmos sempre conectados, para estar sempre protegidos. É um trabalho constante, por isto kabbalah é uma forma de vida e de consciência.

Amuletos, orações, meditações, fita vermelha, Zohar, Torá, estudo, conexões, salmos, ações positivas, consciência... enfim....

Estar atento a si mesmos é a maior proteção que podemos ter! E jamais perder a fé e a participação no sentido maior da vida!

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...