sábado, 31 de julho de 2010


Liberta-te.
Mover-se é aproveitar a vida, fazer um caminho novo.
A cada dia mude o caminho de volta para a sua casa,
Mude o caminho para os eu trabalho...
Encontro pessoas novas, mas mais do que isto, mude...para que tudo possa mudar.

Estudamos muito, conhecemos mais ainda, mas ainda não conseguimos mudar a nossa vida!
Mudança depende de uma pequena ação, pequena...mas nossa zona de conforto não permite.

Liberte-se de seus pensamentos, de suas queixas, aproveite o balanço da vida,
A bipolaridade que nos permite nunca sermos os mesmos...mas não perca o equilíbrio!!!

Liberte-se de padrões e verdades que só te prendem.

Na dança da vida podemos experimentar todos os sabores.
Um dia assim um dia assado....mas que este movimento nos permita ser cada vez mais e melhor, cada vez mais amor e mais luz.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Perdão – Uma perda irreparável.....


Nesta semana encerrei um curso “ O Perdão da àguia”, coincidentemente a revista Veja publicou como capa, uma reportagem sobre o Perdão e a sua importância.
Na Kabbalah e no Judaismo perdão é um tema de grande importância. Temos uma data especial para o perdão – o Yom Kippur e o Shabat é conhecido como um pequeno Yom Kippur.
A cada semana podemos perdoar.
Perdão é algo tão dificil, para a maioria das pessoas.
Mas quando conseguimos experiementar, sentimos que perdoar é perder algo...na verdade é aprender a deixar algo ir embora, abrir-se para experiementar a leveza!

Perdão deveria fazer parte do prcesso educativo nas escolas.
Perdão é remédio, é saude, é possibilidade de Luz, de alegria, de vida!

Perdão é experiementar a tua máxima capacidade de deixar ir, soltar, relaxar, não apego, é contatar a vida – D´us e não a morte.
Magoas, raivas, culpas.... tudo isto nos mata, nos comprime, nos fecha, nos consome.... Perdão Liberta!

Perdão tem muitos sentidos, não é uma estrada de via unica, mas de muitas vias. Precisamos aprender a nos perdoar, a perdoar a vida!, perdoar o tempo, perdoar o outro.

Não existe Amor sem perdão, ou perdão sem amor. Não existe verdade sem perdão, ou perdão sem verdade.

Perdão é perder! Mas uma perda de ganhosss e ganhoss....
Perdão é uma perda bem grandeee!!

Perdão é desfazer-se uma cascas, uma vestimenta que não somos mais, que com o tempo fica fixa em nós – torna-se grossa e de dificil uso. Atrapalha nossos movimentos.

Por isto, perde – deixa ir embora o que não faz parte de ti.

E por isto: Perdoa me Perdoa, perca para receber em doação algo novo!

Ninguem perde (perdoa) e fica sem nada!

sexta-feira, 23 de julho de 2010




No Domingo, dia 25, a Lua receberá toda a Luz do Sol.

É 15 de Av, no calendário Judaico!

Considerado um dos dias mais positivo do Ano.

15 de Av é o dia em que a luz que é refletida da Lua para nós é a luz da UNIDADE.

A Luz que chega é a do Casamento, da união intima entre o mundo espiritual e fisco.

No dia 15 de Av inicia um novo ciclo.



O que denota a cura de tudo que está separado.

A lua representa o mundo físico (Malkuth), as vasilhas que só recebem e o sol a realidade espiritual, neste dia o sol (Tifereth) estará recebendo toda energia de Biná, dos mundos superiores. O Zohar diz que a luz de Biná chega direto para a vasilha (Lua).

As fases da lua mostram nossos altos e baixos, por isto, com nosso livre arbítrio, podemos aumentar nossa capacidade de receber a luz do sol (espiritual) para garantir um bom humor todos os dias – tudo depende de nossa conexão com o Criador.



Segundo o Zohar, os capítulos que nos conectam ao amor e a conexão a alma gêmea são Lech Lechá e Teruma.

Tamanha é a luz deste dia que podemos eliminar qualquer tipo de Caos, duvidas e carências que existem em nossos corações.

Neste dia, como não existem empecilhos, podemos nos conectar com nossa alma gêmea.



A nossa conexão neste dia é da CERTEZA.

Existe certeza de que D´us está ali nos trazendo vida diariamente, e este é o maior exemplo de amor, mas amor vai alem de nossos sentimentos de privilégios. Muitas vezes o amor é feito de transformação que nos tira de nossa zona de conforto, de nossa doença.



Faça a sua conexão, através da oração da alma gêmea, dos códigos em anexo (olhe da direita para a esquerda!!) e do pão e do vinho. Medite no amor, abra para o amor e para a unidade.



BENÇÃOS:



PÃO:

BARUCH ATÁ A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU, MÊLECH HAOLAM, HAMÔTSI LÊCHEM MIN HAÁRETS.
Bendito és Tu, ó Eterno, nosso D'us, Rei do Universo, que faz brotar pão da terra.





VINHO:

Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mêlech haolam… quando sobre vinho:…borê peri ha-gáfen

Atenção senhores: Bendito és Tu, A-do-nai, nosso D’us, Rei do Universo… quando sobre o vinho: …que cria o
fruto da vinha



“Ribbone Shel Olam: Mestre do Universo, esta é a Lei espiritual do Destino, a declaração feita antes de minha alma vir para a Terra. Por favor, guie-me e me ajude a encontrar o caminho correto para minha vida, a casa certa para viver e eu realmente quero encontrar minha alma gêmea. Por favor, me ajude a encontrar a alma gêmea que me foi destinada e que foi declarada para mim nos céus quarenta dias antes que eu fosse concebido”.
“Por favor, Ribbone Shel Olam, Mestre do Universo, encontre um caminho para mim onde não parecer existir um caminho, guie-me e guarde-me no caminho certo para o destino de minha alma, para que eu possa preencher minha vida com minha alma gêmea, que precisa de mim tanto quanto eu preciso dela. Por misericórdia de minha alma gêmea que precisa de mim, por favor me ajude a encontrá-la para que possamos ser um juntos”.

quarta-feira, 21 de julho de 2010


REINVENTAR A VIDA



toques cabalísticos



INOVAR é a força que o planeta URANO nos fala, desde que entrou no signo de Áries.
E hoje em Porto Alegre um encontro une profissionais renomados, que falam em Inovação, criatividade, sustentabilidade e futuro....
É incrível como a pressão da crise, a pressão de mercado, onde as empresas não tem mais o que jogar para nós gera grandes mudanças.
E agora mais do que nunca estas mudanças dependem de nós, CONSUMIDORES.
Somos visto como a conseqüência, mas isto por que ficamos neste lugar, recebemos o que querem nos dar e nós automaticamente consumimos...
minha vida, fica a cada dia na dependência dos outro.
É preciso muito mais do que produtos, alimentos... é preciso espiritualidade, criatividade e inspiração...
e no final descobriremos que tudo é a mesma coisa.
Vivemos constantemente uma briga entre os padrões arraigados em nossa preguiça..do " tá bom assim...não mexe"..ou ainda " vai melhorar...",
mas continuamos a não fazer nada.
É PRECISO AÇÃO, COMPROMETIMENTO, ESTAR ATENTOS,
mas sem deixar de lado o universo oculto, de onde parte tudo.
Rituais são significativos, tem uma função fundamental em nossas vidas
( quando fundamentados numa espiritualidade elevada),
eles organizam nosso corpo vibracional, mental e emocional.
Atraves do Ritual buscamos falar com D´us.
E D´us é o criador e quando falamos em criatividade...em criar...
falamos em despertar esta centelha em nós. Nossa alma é criativa, capaz de romper com muros e armaduras.
Nossa alma é luz, expansiva e criativa!
Criar é BARÁ/BRIAH, a mesma raiz de HIBRIAH = curar.

Curar é incluir as partes, construir um equilíbrio, harmonizar ( que é curar), logo: casar-se. Buscar a integração das árvores. É a capacidade de estar no mundo, de captar e transmitir.
Para criar algo novo, precisamos de INSPIRAÇÃO, para ter INSPIRAÇÃO é preciso de MEDITAÇÃO.....que é preciso de aprendizagem para RECEBER (leCabel - verbo da palavra KABBALAH, que significa RECEBIMENTO).
Deixar a luz descer é ser tocado por D'us, e ser tocado é se deixar penetrar, como Adam conhece, sabe/penetra Hava (LaDaat). E a Sefira Daat é um portal, a sétima porta, entrada para o mundo vindouro (oitava superior). Daat coordena, é conhecimento do organismo vivo, a força eletromagnética, o código DNA, nos leva a ter maior sensibilidade e contato com as leis que atuam na nossa formação e criação. Através de Daat temos oacesso ao conhecimento intimo, a escuridão que atrai a luz...e assim podemos criar. Daat é onde o Ruach HaKodes - o espirito Santo desce e nos abençoa.


Isto significa ir em uma outra dimensão. Mergulhar, deixar levar-se. Isto só ocorre com a humildade, com o reconhecimento do relaxamento.



"O segredo é deixar que a energia flua de todos"
Henrik Langholf, consultor alemão em inovação

Langholf – Há ambientes ideais, em que os líderes inspiram todos os envolvidos a inovar, a evoluir.
Há outros catastróficos, em que os empregados não querem passar mais tempo do que o necessário no trabalho e todos têm uma espécie de sentimento depressivo.
A maioria está em algum lugar entre esses dois pontos.

O segredo é deixar que a energia flua de todos os departamentos para trazer mais movimento à inovação.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Curando um amigo (a)




e 9 de av cai no dia do amigo.......

queria curar e esquecer
apagar o vazio
cicatrizar o corte
retirar a faca
retirar a reatividade

queria a amizade
mas ela se foi
a verdade se foi
onde teoricamente tinha luz, ficou escuro
é tanto barulho que chega ali

queria curar a amizade
mas 9 de av caiu logo no dia do amigo

hoje, sim, fique triste, apenas triste...

sábado, 17 de julho de 2010



9 de Av

Chore...por que ainda existe dor neste mundo.
Mas os cabalistas buscam a Luz para acabar com a dor.
O inimigo, sempre nos levará para a escuridão, logo, a dor.

Medite, Leia o Livro das Lamentações, faça Jejum.

Mas busque no fundo desta escuridão:
a Luz para transformar as atitudes reativas em proativas!
Em 2010 9 Av inicia dia 19 de Julho e vai até a tardinha de 20 de Julho.

...e a culpa que não me deixa em paz!




A Kabbalah diz que não existem culpados, não existem vitimas.

Toda pessoa que é prejudicada pela nossa má ação, justificou esta ação negativa como resultado negativo de uma má ação que ela mesma cometeu em algum momento.

A dor e o arrependimento que sentimos é o processo de purificação. (Berg)
A dor maior é que fomos escolhidos para sermos os atuantes desta cena! Mas espiritualmente escolhemos passar por certas experiências.

Crescemos, desenvolvemos nossa alma, com as qualidades que a situação pede. É sempre necessário ter um olhar mais fundo, fazendo varias leituras.
Mas dói e dói muito. Dói ser herói e não ser herói coisa nenhuma! Dói ser modelo da ilusão e fantasias dos outros, mas na real...cada um é humano.
Dói saber que impulsos, forças negativas encontraram em nós mesmos o colchão perfeito, para se esticarem!!

Mas é preciso ter grandiosidade para sair da tristeza, da culpa, do julgamento, combatendo esta energia negativa, e deixando-se ser preenchidos pela luz superior.

quinta-feira, 15 de julho de 2010




O Evento Gastronomia e Espiritualidade aconteceu com grande sucesso,
trazendo ânimo, alegria e um DESPERTAR PARA A VIDA!

A Escola de Kabbalah agradece a todos que contribuíram para este grande sucesso!

Aqueles que querem contatar para eventos, jantares e assessoria gastronômica:
FRATINO - Sabores e Essência: Márcia e Claudia Moreira
fone: (51) 9918.4898 e 9964.6238


...e voce não perca os próximos...



Sobremesa: Alvorecer

Rendimento: 10 porções

Ingredientes:
1 kg de abóbora
2 xícaras de açúcar
1 pacote de coco ralado
cravo da Índia a gosto
1 pau de canela

Modo de Preparo
1- Descascar a abóbora, retirar as sementes, lavar e cortar em pedaços
2- Cozinhar a abóbora em fogo brando
3- Preparar uma calda com o açúcar, 3 xícaras de água, os cravos e a canela
4- Despeje a abóbora cozida e se desmanchando na calda
5- Deixar a abóbora absorver a calda
6- Misturar o coco ralado e mexer bem
7- Esperar amornar e despejar em um recipiente transparente, fica lindo!
8- Servir frio, acompanhado da calda
Calda de Uva e Tangerina.

Ingredinetes:

250 ml de suco de Uva concentrado
250ml de suco de Tangerina
2 colheres de açúcar
1 colher cheia de amido de milho
Cravo e Canela em pau a gosto.

Modo de Preparo:

Coloque todos os ingredientes em uma panela e misture bem, leve ao fogo e aqueça até ferver mexendo sempre. Após a fervura cozinhe por 30 segundos e desligue .
Sirva quente ou frio.



Risoto das Cores

Ingredientes:

200gramas de cebola
130 gramas de pimentão vermelho
130 gramas de pimentão amarelo
130 gramas de pimentão verde
65 g de nozes picadas
1 colher de sopa de alga hidratada
1,5 l de caldo de cenoura, cebola e salsão
2 xícaras de arroz cateto
250 ml de vinho tinto seco
sal a gosto
Pimenta do reino a gosto
Molho shoyo a gosto
Orégano a gosto
Tempero verde picado
2 xícaras de arroz cateto cozido

Modo de preparo:

Arroz:

Aqueça 2 colheres de sopa de óleo vegetal.
Acrescente o arroz e frite bem, até tostar.
Despeje o caldo até cobrir o arroz e deixe ferver destampado em fogo alto. Quando evaporar, cubra novamente com o caldo, baixe o fogo, cubra a panela e repita o processo até o arroz ficar cozido, com consistência firme. Colocar o sal quando o arroz estiver quase pronto e mexer.

Recheio:

Pique a cebola e o alho em pequenos pedaços e refogue-os em óleo vegetal. Quando estiverem bem tostados, polvilhe orégano e refogue mais um pouco.
Regue com molho shoyo.
Acrescente os pimentões e 100ml de vinho e deixe evaporar. (cerca de 5 min).
Acrescente o arroz, as nozes, as algas e o restante do vinho. Misture até aquecer bem o arroz e evaporar o vinho. Sirva polvilhado com tempero verde picado.


Caldo:

Ingredientes:

2 litros e meio de água
2 cenouras médias
1 cebola grande
1 talo de salsão

Modo de preparo:

Leve ao fogo todos os ingredientes e ferva até reduzir para 1,5 litro. Coar e utilizar no risoto.


Receitas:

Dahl de Ervilhas

Ingredientes:

Ervilha partida 250g ( meio pacote)
Gengibre fresco ralado - 1 colher de sopa
Pimenta dedo de Moça picada - 1 colher de chá
Cominho em grão – ½ colher de chá
Semente de Coentro – 1 colher de chá
Feno Grego – 1 colher de chá
Óleo vegetal ou Guee – 2 colheres de sopa
Sal à gosto


Modo de preparo.

Deixe as ervilhas de molho em água ( o suficiente para cobrir) de 6 à 8 horas .Após coloque em uma panela de pressão acrescente água até o nível ficar com três
dedos acima das Ervilhas ligue o fogo.
Cozinhe por vinte minutos após o inicio da fervura.
Espere esfriar e bata no liquidificador com 1,5l de água.

Em outra panela coloque aqueça o óleo e coloque os temperos na seguinte ordem:

1) Gengibre
2) Pimenta
3) Cominho
4) Coentro
5) Feno grego
Assim que colocar o Feno Grego despeje na panela o creme de Ervilha pois se passar, o Feno Grego fica um pouco amargo.

Ferva o creme por alguns minutos acrescente sal à gosto e sirva.

Pasta de Tufú com ervas.

Ingredientes:

Tufo drenado – 300g
Cebola ralada _ 2 colheres de sobremesa
Alho ralado – 1 dente
Suco de limão – 2 colheres de sopa
Azeite de Oliva _ 4 colheres de sopa.
Orégano – 1/2 Xícara
Salsão (folhas picadas ) ½ Xícara
Salsão ( talo ralado) 1 colher de sopa.
Semente de gergelim – ½ xícara
Sal a gosto

Coloque no liquidificador 2 colheres de sopa do Tofu a cebola o alho o limão e o azeite e bata até ficar com uma consistência de maionese.
Em um recipiente coloque o restante do Tofu e aperte com um garfo até ficar granulado.
Misture a maionese com o tufo granulado e coloque o sal. Misture bem até obter uma massa, coloque na geladeira por 2 horas.

Divida a massa em duas porções e em uma delas coloque o talo de salsão.
Unte as mãos com azeite e faça bolas com a massa.
Coloque o orégano em um prato e passe as bolas sem salsão até ficarem recobertas pelo orégano.
Em outro prato misture o salsão picado com o gergelim a faça o mesmo procedimento anterior.

terça-feira, 13 de julho de 2010


o despertar da alma depende das chaves dos Nomes de D´us.
O crescimento espiritual que buscamos para alcançar a NESHAMA.
DIA 19 às 20h10min ( 3 meses ).
Curso vivencial - tradição oral e escrita.

DESPERTA MINHA ALMA...


Desperta minha alma, vem para a Noiva Shabat, que te espera!

Despertar a alma é um desejo consciente ou inconsciente nosso. A vida vai nos colocando em situações para que possamos ver mais alem do que é visto, perceber as coisas mais do que elas nos aparecem. Ela vai crescendo, acordando com o passar do tempo, achando a sua segurança a cada dia.
A cada dia pode-se reconhecer algo, não se sabe exatamente o que. Mas a cada dia mais coisas são apreendidas pela mente humana. Um dia quem sabe teremos a percepção cósmica, sairemos desta “consciência” tão finita, que mora nas dimensões de Olam Assyah (mundo físico) e ganharemos as dimensão de Olam Yetzirah (mundo da formação), que nos traz o Ruach – a alma desperta, acordada, que cria movimentos, que busca o amor perdido. Aperfeiçoa a criação.
Desperta para cultivar os jardins do mundo e os jardins interiores, desperta para te preencher e não ser só cascas e vestimentas vazias.
Desperta para ir além da adoração do dinheiro, da comida, dos jogos, do sexo, da posição social, do olhar do outro. Tudo isto, está no teu direito, mas vai além, mais fundo. Vai além do homem terra, vai além da sobrevivência, por que podes deixar teu animal para te erguer e ser maior do que és.
A felicidade não é preenchida neste mundo tão finito, onde os desejos se perdem em poder e controle. Onde o dinheiro comanda as emoções e impulsos. É preciso sair deste sonho, dos véus de ilusão (Klipá nogá), deixar a luz entrar, fazer com que D´us more em nós.
E assim, cada situações do aqui tem algo a mais para nos mostrar, os sentidos são aguçados, a vida ganha uma riqueza de por quês e caminhos.
Muitas vezes vamos fugir desta luz, que nos acorda, é muita responsabilidade. É preferível sonhar com o despertar sem fazer nenhum trabalho (esforço - avoda HaShem). Bem, daí caímos de volta para o mundo físico, limitado. Mas a alma grita, quer despertar. Não se adapta mais a vida comum e aos comuns.

No despertar da alma, o ego se veste desta espiritualidade, ganhando poder e posição, um reconhecer-se importante e desejado. Tudo é o despertar, o conhecimento e a tradição....mas a caminhada segue, há a cada momento um novo despertar. Ninguém pode parar...e quando paramos, nosso ego, nossas cascas tomam as rédeas.

Desperta minha alma, com paciência e perseverança. Escolher um caminho de ação, conhecimento ou devoção.
Desperta para receber uma nova consciência, mais elevada, aberta, curadora, vestida de perdão e entrega.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

GASTRONOMIA E ESPIRITUALIDADE




Como uma semente que desabrocha, saindo da escuridão da terra, vencendo a força da gravidade, lança seu braço ao alto, abrindo-se em folha e flor, compartilhando a beleza e seus nutriente com a vida, nós necessitamos estar sempre ligados ao DESPERTAR DA VIDA.
Você sabe que tens um potencial enorme?
Mas não reconhece, e por não reconhecer vais te fechando cada vez mais, como um botão de uma flor que não abre, içando com seus movimentos dentro de uma mesmisse. Cada dia mais a vida responde com mesmisses.
Através de vários canais podemos abrir nossas diferentes dimensões, abrindo nosso “botão” para a vida. Quando acordamos – nos DESPERTAMOS PARA A VIDA, oportunidades acontecem.
O DESPERTAR DA VIDA é um sair da força da depressão.

NO DIA 14 DE JULHO VENHA DESPERTAR PARA VIDA através de Saberes, Sabores e Cores.
Escola de Kabbalah Adriana Finkelstein
Sabor e Essência: Márcia e Cláudia Moreira (9918.4898/99646238)
Projeto Gráfico: Caleidoscópio Design (3227.8088)
Via Vino


CARDÁPIO:
Recepção:
Dahl de Ervilhas
Entrada:
Colchão de trigo com pastas de ervas verdes
Prato Principal:
Risoto das Cores com Algas
Sobremesa:
Alvorecer
Aromatizados com Vinhos Chilenos e Argentinos
RESERVAS E INGRESSOS ATÉ UM DIA ANTES
3388.7799
9979.4345

contato@escoladekabbalah.com

domingo, 4 de julho de 2010

Para alcançarmos estados mais elevados....

Façamos aqui uma homenagem,
para aqueles que um dia baixam em si uma força oposta a que sempre andaram.

Quem muito anda na misericórdia de chessed, um dia age como guevura!!!
Num rigor e corte – sem nenhuma possibilidade de consciência e crescimento, sem possibilidade de perdão.
Abrem mão da luz, permitem que a morte tome conta, pois só andam com a morte!!!

Quando agimos num lado só, despertamos o outro.

ECLIPSE E A ESCURIDÃO

Voce tem medo do escuro? normalmente temos, normalmente não desejamos situações de escuridão em nossas vidas. A kabbalah nos mostra at...